Fortaleza o melhor, Ceará o invicto, Gilberto o artilheiro e Sport a decepção

Neste sábado, foram definidos os confrontos das quartas de final do Nordestão

Com oito jogos realizados neste sábado, sendo que sete deles foram disputados no mesmo horário visto que valiam vaga para uma das equipes, exceto o duelo morto entre Santa Cruz e Botafogo-PB que está acontecendo neste momento, foi encerrado neste sábado a fase de grupos da Copa do Nordeste na sua edição 2021. Destaque para os clubes do Ceará que confirmaram a supremacia na competição encerrando a fase como primeiro lugar nos seus respectivos grupos, abrindo uma janela para conquista do tricampeonato seguido para o Estado, já que venceram a competição nos últimos dois anos – Fortaleza em 2019 e Ceará em 2020.

 

Em números absolutos, o Fortaleza comandado pelo técnico Enderson Moreira foi o clube de melhor desempenho considerando todos os 16 clubes participantes. O Tricolor do Ceará acabou em primeiro lugar no Grupo B com 17 pontos, somando 5 triunfos, 2 empates e apenas 1 derrota, 4 pontos além do Vitória, segundo lugar.

No Grupo A, quem reinou foi o Ceará comandado pelo técnico Guto Ferreira. O Vozão somou 16 pontos, três a mais em relação a Bahia e CRB, que terminaram empatados (13 pontos), mas o Esquadrão levou a melhor pelo critério do número de triunfos e finalizou como vice-líder. Se o Fortaleza foi o clube que mais triunfos conquistou, o Ceará é o único clube invicto em oito jogos realizados, com 4 triunfos e 4 empates. Além disso, tem a melhor defesa com apenas 3 gola sofridos e o melhor saldo de gols (11). O melhor ataque é o do Bahia com 16 gols, 9 deles anotados nas goleadas contra Altos e Sport.

Coube ao Sport-PE, tradicional na região e tricampeão, a conquista de grande decepção da competição. O time pernambucano pela terceira vez na sua história caiu ainda na fase de grupos, campanha que, aliás, custou o emprego do técnico Jair Ventura. O Sport acabou a fase na vice-lanterna do Grupo B com 5 pontos. O Botafogo da Paraíba, vice-campeão do torneio regional em 2019, era o único time que não havia vencido na competição, mas neste sábado, derrotou o Santa Cruz por 1 a 0. O pior clube do geral foi o Santa Cruz, também de Pernambuco. O clube, que foi campeão em 2016, simplesmente perdeu sete das oito partidas realizadas e por isto foi o lanterna geral da competição com apenas 3 pontos, porém, foi o clube que impôs ao Fortaleza a sua única derrota.

Os clubes baianos entraram em campo precisando vencer ou até mesmo empatar para garantir a classificação sem dores de cabeça. O Bahia venceu o ABC de virada por 2 a 1, com gols de Gilberto e do estreante Óscar Ruiz. Com 4 triunfos, 1 empate e 3 derrotas, o Tricolor terminou na vice-liderança do Grupo A, com 13 pontos, e enfrenta o CRB nas quartas de final, em jogo único em Pituaçu, enquanto o Vitória empatou com o 4 de Julho por 1 a 1 em Teresina e também manteve a vice-liderança do Grupo B, com 13 pontos, se classificando para enfrentar o Altos, no Barradão. O Leão somou 3 vitórias, 4 empates e 1 derrota.

Destaque individual para o atacante Gilberto, que marcou gol em três jogos em sequência. Foram quatro na goleada de 5 a 0 sobre o Altos, um na derrota por 2 a 1 para o Fortaleza e outro neste sábado no triunfo por 2 a 1 sobre o ABC, no Estádio de Pituaçu. Foi o sexto gol em 6 jogos na edição de 2021, se isolando na artilharia. Dellatorre, do CSA, é o vice-artilheiro com 5 gols. O camisa 9 do Bahia foi o artilheiro na edição de 2019, com 8 gols marcados, empatado com Júnior Santos, do Fortaleza.

JOGOS DA 8ª RODADA DO NORDESTÃO
4 de Julho 1 x 1 Vitória
Bahia 2 x 1 ABC
Ceará 3 x 0 Salgueiro
Confiança 0 x 1 Fortaleza
Treze 2 x 2 Sport
Sampaio Corrêa 0 x 0 CSA
CRB 1 x 1 Altos
Santa Cruz 0 x 1 Botafogo-PB

QUARTAS DE FINAL:
Ceará x Sampaio Corrêa
Bahia x CRB
Fortaleza x CSA
Vitória x Altos

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*