Bahia terá mudanças para enfrentar o Guabirá; veja provável escalação

Maycon Douglas, contratado recentemente, não foi regularizado a tempo

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

Com a maratona de jogos e viagens, o Esporte Clube Bahia teve apenas um treino antes de enfrentar o Guabirá da Bolívia, em partida que acontece nesta terça-feira, às 19h15, no Estádio Metropolitano de Pituaçu, pela segunda rodada da Sul-Americana. No único trabalho antes do jogo, o técnico Dado Cavalcanti reuniu os atletas no centro do gramado e conversou longamente. Após o papo, o treinador aplicou um treinamento tático onde escalou a possível equipe que começa o confronto de amanhã. O treinador realizou a atividade parando sempre que possível para orientar os atletas em campo.

 

Na entrevista após o jogo contra o Fortaleza, pela semifinal da Copa do Nordeste, Dado afirmou que as substituições foram feitas por conta do desgaste e não descartou poupar alguns atletas que vêm atuando com mais frequência, visto que no sábado tem a primeira decisão da final da Copa do Nordeste, contra o Ceará, às 16h, em Pituaçu. Desta forma, a equipe deve ter mudanças, abrindo espaço para a estreia de Thonny Anderson, que foi apresentado nesta segunda e se colocou à disposição para jogar.

Dado não pode contar com o atacante Rossi, que cumpre suspensão, além de Lucas Fonseca e Douglas, que estão isolados por conta da Covid-19. Maycon Douglas, contratado recentemente, não foi regularizado a tempo. Thaciano, Patrick Matheus Bahia, que foram substituídos contra o Fortaleza por desgaste físico, podem ser preservados. O lateral-direito João Pedro, que sentiu um desconforto muscular e ficou fora do jogo contra o Fortaleza, ainda é dúvida. Caso reúna condições, pode aparecer no lugar de Nino.

A escalação é um incógnita, mas diante da situação, um possível Bahia tem: Matheus Teixeira; Nino, Conti, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Lucas Araújo, Daniel (Jonas) e Thaciano (Galdezani); Óscar Ruiz, Thonny Anderson e Gilberto.

 

 

 

Deixe seu comentário!

5 Comentário

  1. Nessa hora a qualidade técnica do elenco faz a diferença. Não adianta brigar tanto pela classificação que dá o direito à participar destas competições se não investir em contratações de bons jogadores.

  2. Se quer poupar Nino, tudo bem. Agora,
    Querer substituí-lo por João Pedro, é sacanagem. Cadê Borel?
    É muito mais jogador que esse tal de João Pedro.
    Vai matar o Diabo, com tanto lateral ruim!

    • Ze Antonio,você entende de futebol,o mesmo que o bozo de política, ou seja porra nenhuma.
      Deixa o Dado trabalhar, de que adianta contratar se não escalar.não precisamos desse tipo de torcedor.
      Vamos apoiar caralho.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*