Dado elogia atuações de Nino e Rossi, e avalia estreia de Conti

Bahia goleou o Altos por 5 a 0 neste domingo no Estádio de Pituaçu

Foto: Enaldo Pinto / Insta: @enaldo_santos_pinto

O Esporte Clube Bahia se recuperou da derrota para o CSA no meio da semana por 2 a 0 no Rei Pelé, e neste domingo goleou o Altos-PI pelo placar de 5 a 0 no Estádio Metropolitano de Pituaçu, em duelo da 6ª rodada da Copa do Nordeste. O Bahia soma o seu terceiro triunfo na Copa do Nordeste e chega aos 10 pontos, reassumindo a liderança do Grupo A da Copa do Nordeste. Gilberto (4x) e Rodriguinho marcaram os gols. Apesar dos gols do camisa 9, o técnico Dado Cavalcanti fez questão de destacar as atuações de Nino Paraíba e Rossi e elogiou a dupla em entrevista coletiva concedida após a partida. O treinador falou sobre a importância da dobradinha dos atletas para criar espaços na defesa adversária.

 

“Os dois jogadores pelo lado direito conseguiram uma ocupação de espaço muito importante. Rossi atrai a atenção do lateral adversário vindo por dentro e abre o corredor para Nino fazer a ultrapassagem. Isso vem se repetindo em vários jogos. Em algumas oportunidades, Nino consegue receber essa bola mais perto da nossa defesa e abre campo para Rossi ir em profundidade. O gol de Rodriguinho é um exemplo, a gente veio lá de trás, engatilhou o facão por trás do lateral. Rossi tem facilidade nesse passe. Isso nos traz um aumento de repertório e deixa aquele lado do campo com bastante possibilidade de ataque e variação de posicionamento”, afirmou.

O zagueiro argentino Germán Conti fez sua estreia com a camisa tricolor e permaneceu em campo durante os 90 minutos. Dado fez uma avaliação. “Foi importante o lastro que demos ao Conti. Sabemos que o ritmo para o jogador é fundamental. Para zagueiro talvez ainda mais. Está constantemente exposto à bola aérea. E o tempo de jogo é diferente do tempo de treino. Fiquei feliz, jogo tranquilo, jogo limpo. É um jogador técnico, zagueiro clássico, não é de dar botinada. Se comporta bem nas leituras defensivas. É um jogador bem mais frio, tranquilo. Ganhamos na construção ofensiva, ele tem repertório, bom passe, achou Rodriguinho várias vezes, achou Nino também. Jogador que tem repertório. Ganhamos lastro de 90 minutos para que ele melhore a forma física e ganhe ritmo de jogo”, afirmou Dado.

Dado também destacou que o Altos tinha uma das melhores defesas da competição. “Necessário se falar que o Altos, antes dessa goelada, só tinha levado três gols na competição. Era uma das melhores defesas da Copa do Nordeste. Se o jogo ficou fácil foi por mérito do Bahia. Pelo nível de concentração, pelo nível técnico da equipe, qualidade individual, agressividade de meio, pela forma que encaramos o jogo, com a defensa marcando alto. Fico satisfeito de termos feito esse placar, de ter construído esse resultado com méritos e qualidade. Depois que o jogo termina é fácil fazer avaliação entendendo as facilidades que tivemos. Mas antes do jogo começar o Altos era uma das melhores defesas da Copa do Nordeste.”

 

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*