Com atuação vexatória, Bahia é amassado pelo Bragantino no Nabizão

Bahia tomou 3 gols em 20 minutos e não esboçou reação em campo

Foto: Estadão Conteúdo

O Esporte Clube Bahia vinha numa sequência de bons resultados, com quatro triunfos consecutivos, três deles pelo Campeonato Brasileiro da Série A, vencendo Botafogo, Fortaleza e Coritiba, animando o seu torcedor que já começava a acreditar em disputar algo maior na competição, como uma vaga no G-6, no entanto, na noite desta sexta-feira (20), o Esquadrão sofreu uma forte recaída e deu um vexame, sendo amassado pelo time do Red Bull Bragantino e goleado pelo placar de 4 a 0, no Estádio Nabi Abi Chedid, na abertura da 22ª rodada. Claudinho (2x), Ytalo e Helinho marcaram os gols do Massa Bruta.

 

Com o revés, o Bahia segue com 28 pontos no 9º lugar, mas pode perder duas posições até a finalização da 22ª rodada, enquanto o Bragantino emplaca mais uma vitória, deixa a zona de rebaixamento colocando o Vasco no seu lugar, e salta para o 10º lugar, com 25 pontos.

Essa foi a quarta vitória do Bragantino atuando Estádio Nabi Abi Chedid, sendo essa a de maior expressão considerando o número de gols marcados, por outro lado, a é sexta derrota do Bahia quando atuando além dos seus limites. Esse é o pior resultado do Bahia na temporada, em 52 jogos já disputados em 2020. O pior resultado do tricolor de aço, seja como visitante ou mandante, havia sido na derrota de 5 a 3 para o Flamengo, na 6ª rodada, que culminou com a demissão do técnico Roger Machado.

Com uma atuação terrível, certamente o seu pior primeiro tempo nessa temporada, o Esporte Clube Bahia foi amassado pelo Bragantino e em 20 minutos já perdia por 3 a 0. Destaque para o meia Claudinho, que marcou os dois primeiros gols, aos 3 e 10 minutos, no primeiro chutando rasteiro no canto e no segundo aproveitando rebote de Douglas em cobrança de falta. O terceiro veio com Ytalo, aos 20. Ele recebeu passe de Raul, dentro da área, e não desperdiçou. Nos primeiros 30 minutos, o Tricolor praticamente não existiu em campo, e tomou um sufoco daqueles. Nos 15 minutos finais, a equipe até esboçou uma tímida reação, mas não levou perigo ao Massa Bruta.

O Bahia voltou para o segundo tempo com duas mudanças (Edson e Rossi nos lugares de Elias e Fessin), mas o cenário continuou o mesmo. O Bragantino seguiu superior, com muito mais volume de jogo e agredindo, e ampliou aos 5 minutos com Helinho, em lance inicialmente invalidado pelo bandeirinha, mas validado pelo VAR corretamente. A equipe paulista continuou criando as melhores oportunidades e se não fosse o goleiro Douglas, o placar seria mais largo. O meia Eric Ramires, que está emprestado pelo Bahia ao Bragantino, fez sua estreia pelo Massa Bruta justamente contra o time baiano, entrando aos 23 minutos do segundo tempo.

Agora o Esporte Clube Bahia dá uma pausa no Campeonato Brasileiro e volta suas atenções para a Copa Sul-Americana, pelo qual enfrenta o Unión Santa Fé, na terça-feira (24), às 19h15, na Arena Fonte Nova, pelo jogo de ida das oitavas de final do torneio continental. Pela Série A, o Esquadrão só volta a campo no dia 28 de novembro, um sábado, às 19h, contra o São Paulo, novamente na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA:
RED BULL BRAGANTINO 4 X 0 BAHIA
Brasileiro da Série A (22ª rodada)
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista
Data e Hora: Sexta-feira (20/11/2020), 20h
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (FIFA-RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS), auxiliado por Grazianni Maciel Rocha (RJ) e Andre da Silva Bitencourt (RS).

GOLS: Claudinho (2x), Ytalo e Helinho (Bragantino)

BRAGANTINO
Cleiton, Aderlan (Weverton), Fabrício Bruno, Ligger (Haydar) e Luan Cândido; Lucas Evangelista (Matheus Jesus), Claudinho, Raul; Artur; Ytalo (Hurtado) e Helinho (Eric Ramires).Técnico: Maurício Barbieri.

BAHIA
Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca (Anderson Martins), Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Elias (Edson) e Rodriguinho (Zeca); Fessin (Rossi), Élber (Marco Antônio) e Gilberto. Técnico: Mano Menezes.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*