Vitória é condenado a pagar R$ 400 mil ao meia Guilherme Costa

Guilherme Costa passou pelo Vitória em 2018

A Justiça Trabalhista condenou o Esporte Clube Vitória a pagar R$ 400 mil ao meia Guilherme Costa, que passou pelo clube em 2018, na época emprestado pelo Vasco da Gama. De acordo com informação do GE, o jogador afirmou no processo que não recebeu os salários de novembro e dezembro daquele ano, assim como valores proporcionais de férias e 13º salário. Além disso, o atleta também reclamou que o clube não depositou os valores referentes ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no entanto, durante o processo, foi constatado que o clube depositou as parcelas e que o atleta fez um saque da conta em fevereiro de 2019.

 

O julgamento ocorreu na manhã da última quarta-feira e a sentença já foi publicada no Diário Eletrônico do Tribunal Regional de Trabalho da 5ª Região.

Guilherme Costa, de 27 anos, foi revelado na divisão de base do Vasco da Gama. Em 2015 foi emprestado ao Bragantino. Em 2016, defendeu o Boavista-RJ. Retornou ao Cruzmaltino em 2017 ganhando algumas chances, porém, em 2018 foi emprestado ao Vitória. Defendeu o Leão em 15 jogos da equipe profissional e um pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes, marcando apenas um gol com a camisa rubro-negra, contra o Jequié, pelo Campeonato Baiano.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*