Meia é suspenso pelo STJD e desfalca o Vitória nos próximos três jogos

Gerson Magrão foi punido com dois jogos de suspensão

Nesta quinta-feira (17), foi a vez do meia Gerson Magrão ser julgado pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão no jogo contra o Ceará, válida pelas quartas de final da Copa do Nordeste. O jogador foi punido com dois jogos de suspensão e como já estaria fora da partida contra o Oeste por conta do acúmulo de três cartões amarelos, ficará de fora das próximas três partidas do Rubro-Negro Baiano, contra Oeste, CSA e Operário. Na primeira instância, o meio-campista havia sido punido com quatro jogos, porém, a advogada do clube conseguiu tirar a denúncia de agressão desclassificada para “ato hostil”, o que reduziu a pena para dois jogos.

 

“O atleta prestou depoimento pessoal. Embora o vídeo pareça uma agressão é possível observar que o atleta tinha acabado de entrar e estava na ânsia de continuar a jogada. Entendo que foi um pouco atrapalhado e talvez até infantil, mas não teve a intenção de agredir. Ele pode ter praticado uma conduta de ato de hostilidade. O relator do processo da Comissão diz que nenhum momento o denunciado olha para baixo e o depoimento pessoal do atleta reafirma. Entendendo que foi imprudente na intenção de chegar na bola a qualquer custo, o relator desclassificou a conduta. A defesa insiste em pedir a desclassificação para o artigo 250 por entender que o atleta não teve dolo de agredir o seu adversário”, justificou a doutora Patrícia Saleão, segundo o STJD.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*