Bahia é o pior visitante da Série A e único com menos de 30% de aproveitamento

Nos cinco jogos até aqui fora de Salvador, o Bahia acumula dois empates e três derrotas

Foto: Bruno Queiroz / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia fará nesta quarta-feira o terceiro jogo da sequência de três fora de casa. Nos dois últimos, perdeu para Corinthians (3×2) e Athletico-PR (1×0), adversários que também não vinham apresentando uma regularidade no Campeonato Brasileiro. Hoje, o adversário vive uma situação praticamente semelhante. O Botafogo não vence há oito rodadas, com seis empates e duas derrotas, e ocupando o 18º lugar com 11 pontos. O Esquadrão, por sua vez, amarga um jejum de NOVE partidas, com seis derrotas e três empates, ocupando a lanterna com 9 pontos. O Tricolor tentará esta noite encerrar o jejum e somar seus primeiros 3 pontos fora de casa, onde tem um aproveitamento terrível.

 

Em 11 jogos, o Bahia venceu apenas os dois primeiros (Coritiba e Bragantino), empatou três e perdeu seis, sendo quatro derrotas consecutivas, um aproveitamento de 27.3%. Marcou 12 gols e sofreu 19.

Nos cinco jogos até aqui fora de Salvador, o Bahia acumula dois empates e três derrotas (aproveitamento de 13,33%). Segundo números da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Tricolor tem o pior aproveitamento da Série A até aqui jogando fora de casa. O rendimento como visitante em 2020 é bem inferior ao de 2019. No Brasileirão do ano passado, o Bahia fechou a competição com 35% de rendimento jogando longe dos seus domínios e ficou, portanto, com a 9ª campanha.

Para sair vencedor, além de marcar gol(s), o time de Mano Menezes precisa corrigir o rendimento da sua defesa, a mais vazada do Campeonato Brasileiro, ao lado do Bragantino, com 19 gols sofridos (média de 1,7). Recém-contratado para o setor, o zagueiro Anderson Martins treina no CT do Tricolor, mas ainda não está regularizado e não vai encarar o Botafogo.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*