Presidente do Doce Mel não vê condições do Baianão ser retomado

"Argumentos pra não ter não estão faltando", disse o presidente

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) segue planejando o retorno do Campeonato Baiano e existe a possibilidade de ser retomado em julho. Antes disso, a entidade trabalha para acelerar o retorno aos treinos dos clubes do interior baiano. Vitória e Bahia já voltaram suas atividades presenciais, cumprindo um rigoroso protocolo de prevenção contra a covid-19. Esta semana, Jacuipense e Bahia de Feira devem retomar. Porém, outros clubes garantem não ter condições de voltar aos trabalhos, é o caso da Juazeirense, que só tem cinco jogadores no seu elenco. Outro clube contra a continuidade do Estadual é o Doce Mel.

 

O presidente da agremiação de Ipiaú, Eduardo Catalão, afirmou que não tem time, não tem transporte e que é impossível cumprir o protocolo da CBF. Segundo ele, apenas Bahia, Vitória e Bahia de Feira podem cumprir. Caso o retorno do Baianão se confirme, o presidente disse que o time terá que ser formado por jogadores da região de Ipiaú, uma das cidades mais afetadas pela Covid-19 no estado. Ele também destacou que o estádio Pedro Caetano segue sem condição de receber partidas.

“Não temos time e quase ninguém tem. Também não temos transporte por causa do coronavírus. Se seguirmos o protocolo da CBF, só Bahia, Vitória e Bahia de Feira podem cumprir. Já mudaram o Campeonato Carioca, imagine o nosso estadual. Vamos ter que ir atrás de jogadores da região. E nós estamos sem estádio também. É mais um problema. Ipiaú é uma das cidades com mais contaminação. Argumentos pra não ter não estão faltando. Estou achando isso muito complicado e vai colocar em risco um monte de pessoas sem necessidade”, disse Eduardo Catalão, ao site Bahia Notícias.

O Campeonato Baiano está paralisado desde o dia 17 de março e ainda restam duas rodadas para o término da primeira fase. Oito times disputam quatro vagas para a semifinal, sendo que o Esporte Clube Bahia lidera com 15 pontos, seguido por Jacuipense, Bahia de Feira e Vitória, formando o G-4. Atlético de Alagoinhas, Juazeirense, Fluminense de Feira e Vitória da Conquista tentam beliscar uma vaga. Doce Mel e Jacobina disputam para ver quem se salva do rebaixamento.

Roberto Carlos sugere à CBF anular Estaduais ou mudar para novembro

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*