Copa do Nordeste: Jogo deve ser cancelado. Recife se habilita como sede

Todos os jogos nâo serão no mesmo horário, como rege o regulamento.

Através de videoconferência entre os presidentes dos clubes participantes e da Liga em comum acordo decidiram que os jogos finais da Copa do Nordeste serão realizados em sede única, isto, é claro em decorrência pandemia do novo coronavírus que assombrou e ainda assombra o mundo e todos os seus segmentos. Hoje por exemplo apenas na Bahia mais 36 mortes por coronavírus, totalizando 1.181 óbitos pela doença. A informação foi divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). O Estado também registrou mais 1.587 casos de Covid-19, com taxa de crescimento de 4,2% nas últimas 24 horas.

 

Os jogos na cidade única que pode ser Salvador, Fortaleza ou Recife comportará também a última rodada da primeira fase, que indicará mais seis classificados para as quartas de final. Antes da paralisarão apenas os tricolores Bahia e Fortaleza já estão garantidos. Além disso, essa cidade receberá também, obviamente, toda a fase final, inclusive a decisão, que será mantida em dois jogos. Apesar da sede única.

“Essa foi uma sugestão dos clubes que irá ser repassada à CBF é acredito que será acatada. Diante da situação que vivemos, é mais fácil o controle de pessoas. A Liga vai arcar com todas as despesas necessárias de passagens e hospedagem e as equipes que forem sendo eliminadas irão retornar aos seus estados”, afirmou o presidente da Liga, Eduardo Rocha, em entrevista ao Diario de Pernambuco.

Sobre a realização dessa última rodada já na sede escolhida, Eduardo Rocha admitiu ser impossível que todos os jogos sejam realizados no mesmo horário, como rege o regulamento. Mas, disse que diante das circunstâncias não há o que fazer.

“Seria impossível, para qualquer cidade no mundo realizar oito partidas ao mesmo tempo. É evidente que essa exigência terá que ser ultrapassada pela impossibilidade dela acontecer. Ai não é culpa de ninguém. É um motivo de força maior. Talvez possa ser realizado no mesmo horário quatro jogos que tenha resultados que interessam entre si”, argumentou.

Ao mesmo tempo, o dirigente admitiu a possibilidade do jogo entre Freipaulistano e Imperatriz, único que envolve duas equipes já eliminadas, não acontecer. “Seria um custo a menos. Mas tudo quem vai definir é a CBF”, argumentou. “A final da competição será realizada em dois jogos. Temos que respeitar os contratos firmados”, completou. Outra definição é que todas as partidas serão disputadas de portões fechados.

Entre as capitais que podem receber os jogos finais da Copa do Nordeste, Recife é a mais bem cotada. Inclusive, segundo o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, a entidade já recebeu sondagens da CBF sobre o assunto e já se colocou à disposição. A favor da capital pernambucana conta a localização a rede hoteleira e nanoestrutura para o futebol, como possuir quatro estádios e centros de treinamentos, garante o jornal forçando a barra para o seu lado

“A CBF é quem vai indicar o local escolhido. Mas acho que alguns lugares estão mais preparados do ponto de vista da rede hoteleira, de estádios, de centro de treinamentos. Uma coisa ajustada é que a sede que for escolhida, o anfitrião serão responsáveis por indicar os centros de treinamentos”, finalizou Eduardo Rocha em entrevista ao jornal pernambucano

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*