Duas partidas nesta terça marcam a volta do futebol nas Américas

Costa Rica é o primeiro país das Américas a voltar o futebol

Nesta terça-feira (19), a bola volta a rolar na Costa Rica, e será o primeiro país das Américas a retomar campeonato. Dois jogos serão realizados nesta terça e outros quatro finalizam a rodada na quarta-feira. Segundo informação do site Globoesporte, todos com portões fechados para o público e acesso restrito a jornalistas de canais de mídia com direitos de transmissão como medidas de prevenção durante a pandemia do novo coronavírus. Os times estão treinando desde 1º de maio. Na etapa inicial, as atividades foram em grupos de sete jogadores. Nos últimos dias, coletivos irrestritos liberados.

 

“Recebemos autorização para poder retomar a competição com grande alegria, mas também com grande responsabilidade. Responsabilidade perante à sociedade, às autoridades e também internacionalmente. Muitos países prestarão atenção ao que vai acontecer na Costa Rica”, disse Rodolfo Villalobos , presidente da Federação da Costa Rica , à Rádio França Internacional, em declaração reproduzida pelo jornal L’Equipe.

Seis estádios foram autorizados a receber jogos depois de inspeção de protocolos de segurança contra o coronavírus: Fello Meza, Allen Riggioni, Cuty Monge, Carlos Ugalde, Ricardo Saprissa e Eladio Rosabal Cordero. Faltam sete rodadas para o fim da temporada regular, prevista para acabar na segunda semana de junho. Em seguida, quatro dos 12 times participantes disputam a fase final pelo título.

O país de cerca de cinco milhões de habitantes só tinha registrado 10 mortes pelo covid-19 até domingo passado, entre os 863 infectados dos 20.115 testados. São 17 os pacientes hospitalizados, três em UTIs, todos com idade entre 45 e 87 anos. Os dados são do Ministério da Saúde da Costa Rica. Nas Américas, só a Nicarágua não interrompeu seu campeonato nacional durante a pandemia e até o finalizou. O Real Estelí foi campeão no domingo retrasado.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*