Fluminense tentou contratar Rossi, mas “Bahia fez uma proposta bem maior”

Presidente do Fluminense admitiu que buscou o jogador

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Uma das contratações pontuais anunciadas pelo Esporte Clube Bahia para a temporada 2020, o atacante Rossi entrou em campo em 9 dos 10 jogos do tricolor baiano antes da paralisação por conta da pandemia do coronavírus. Foram 5 jogos como titular e 4 saindo do banco, porém, ainda não balançou as redes, mas se destaca como um dos garçons da equipe. Após deixar o Vasco no final do ano passado, o jogador virou alvo de vários clubes, um deles o Fluminense. Mário Bittencourt, presidente do clube carioca, admitiu que tentou contratar Rossi, inclusive, fez uma proposta, porém, o Esquadrão acabou fazendo uma proposta bem maior e acertou com o atleta.

 

“O Rossi conversamos realmente. Abrimos negociação, falamos de salário e ele acabou indo para o Bahia porque fez uma proposta bem maior. Mas é um jogador que afirmo que conversamos. Era um jogador que o treinador queria trazer”, disse.

Líder de assistências do Vasco em 2019, Rossi assinou contrato com o Bahia até 31 de dezembro de 2021. Ele foi titular em 26 dos 29 jogos que atuou no Brasileirão de 2019 pelo time carioca. Além de garçom do time, liderou as estatísticas de dribles certos (28), roubadas de bola (50) e finalizações a gol (22) no elenco cruzmaltino durante o campeonato.

Natural de Prainha (PA), Rosicley Pereira da Silva, mais conhecido como Rossi, tem 26 anos e acumula passagens pelas divisões de base de Flamengo e Fluminense antes de se profissionalizar com a camisa da Ponte Preta, em 2012. Rodou ainda por Mogi Mirim, Paraná, Operário Ferroviário, São Bento, Goiás, Chapecoense até ser negociado com o Shenzhen FC, da China, em 2017. No futebol chinês, atuou apenas 8 jogos e marcou 2 gols. Foi emprestado ao Internacional em 2018, onde marcou 1 gol em 30 partidas, e em 2019 vestiu a camisa do Vasco da Gama, sendo peça importante da equipe. Foram 41 partidas e 4 gols anotados.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*