Conmebol deve prorrogar novamente suspensão da Libertadores

Copa Libertadores não tem prazo para retornar ainda

Com chances remotas de que o futebol seja retomado até o dia 5 de maio em todos os 10 países da América do Sul (Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador e Venezuela) por conta da pandemia do coronavírus, a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) estuda prorrogar o prazo de suspensão dos jogos da Copa Libertadores para além do dia 5 de maio, prazo inicialmente previsto pela própria confederação. Basta que em um deles não ocorra para que o torneio não seja retomado. Além disso, as fronteiras entre todos os países precisam ser reabertas – situação que hoje é imprevisível.

 

No dia 12 de março, a Conmebol havia suspendido os jogos da Libertadores por uma semana; em seguida, esticou a suspensão até 5 de maio. Até o momento da interrupção, haviam sido disputadas duas das seis rodadas da fase de grupos. Para tentar aliviar a situação dos clubes, a Conmebol adiantou o pagamento de parte da premiação relativa a esta fase da competição.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*