Com saída de Rodriguinho, Cruzeiro economiza 16,9 milhões em salários

Jogador recebia por mês algo próximo de R$ 650 mil

Um dos assuntos mais falados neste mercado da bola, e que envolve o Esporte Clube Bahia, é a “novela” do meia Rodriguinho que depois de muita conversa, finalmente chegou a um acordo e deixou o Cruzeiro, ficando livre no mercado para acertar com outra agremiação. Além do Esquadrão, Atlético-MG e Athletico-PR demonstraram interesse em contar com o jogador de 31 anos. O Internacional seria outro interessado, mas a diretoria colorada negou. Com a rescisão do atleta, o Cruzeiro economiza algo próximo dos R$ 17 milhões com salários, no entanto, ainda deve R$ 26 milhões pelo meia, valor restante da dívida com o Pyramids, do Egito, ex-clube do jogador. A informação é do portal UOL. Para acertar com o Tricolor ou qualquer outro clube, ele terá que diminuir o salário.

 

Ainda segundo a publicação, Rodriguinho era dono de um dos maiores salários do elenco e custava ao Cruzeiro pelo menos R$ 650 mil mensais, somando os vencimentos na carteira de trabalho e dos direitos de imagem. A solução encontrada pelas partes foi de parcelar os salários atrasados e outras pendências financeiras de 2019 a partir da temporada 2021. Por outro lado, o atleta abriu mão do que ainda receberia pelo contrato. Sendo assim, o Cruzeiro economizará pelo menos R$ 16,9 milhões com Rodriguinho até dezembro do ano que vem, data em que seu vínculo terminaria com a agremiação. Por outro lado, apesar de ainda ficar com 20% dos direitos econômicos do jogador, o Cruzeiro verá o atleta sair sem custos nesta janela do mercado da bola.

De acordo com informação do jornalista Jorge Nicola nesta sexta-feira, no programa BB Debate, do canal ESPN Brasil, o Esporte Clube Bahia está perto de assinar com o meia Rodriguinho, que rescindiu seu contrato com o Cruzeiro e está livre no mercado. Segundo Nicola, o Esquadrão ofereceu um contrato de dois anos com salários girando na casa dos R$ 300 mil ao mês, com bônus que podem elevar os vencimentos para 400 ou 450 mil em caso de metas cumpridas.

Bahia está perto de assinar com Rodriguinho, crava Jorge Nicola

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*