Vitória se despede da Série B da mesma forma que começou: decepcionando

Coritiba vence o Vitória de virada no Barradão

Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Para alegria do torcedor do Vitória, acabou neste sábado o Campeonato Brasileiro da Série B e junto com ele a temporada 2019, aliás, uma etapa que deve ser esquecida e apagada da história do clube pelos sucessivos fracassos em todas as competições do qual participou, incluindo ai, o pobríssimo Campeonato Baiano. Na despedida em jogo que nada valia e apenas cumpria a formalidade do cumprimento da tabela, o Leão foi derrotado pelo Coritiba de virada pelo 2 x 1 dentro do Estádio do Barradão. Anselmo Ramon abriu placar para o Vitória ainda no primeiro tempo, no entanto, Wanderley empatou para os paranaenses aos 15 minutos do segundo tempo e o mesmo Wanderley fez o gol da virada aos 31 minutos registrando assim, a décima terceira partida sem derrota do Coritiba.

 

O resultado confirmou o acesso do Coxa depois de cair em 2017 na terceira posição com 66 pontos. Já o Esporte Clube Vitória finaliza a competição em décimo segundo lugar após conquistar 45 pontos com uma campanha com 11 triunfos, 15 derrotas e 12 empates. Fez 42 gols e recebeu 48.

O resultado de hoje à tarde é cara do Vitória 2019 que começou com eliminação do Campeonato Baiano onde foi apenas quinto lugar sendo despachado Fluminense de Feira dentro do Barradão. Na seqüência caiu ainda na primeira fase da Copa do Brasil agora eliminado pelo Moto Clube em São Luís em jogo único. Entrou na Copa do Nordeste, avançou até as quartas de final e acabou despachado pelo Fortaleza que aplicou 4 x 0 também em jogo único na Arena Castelão. Entrou na Série B e pela tradição e história sendo apontado como um dos favoritos para uma das vagas, no entanto, foi uma grande decepção e em qualquer momento durante as 38 rodadas da competição jamais botou a cabeça de fora ou fez qualquer ameaça mesmo no estilo lampejo que poderia alcançar o objetivo.

O time apenas arrastou, sofrendo e impondo sofrimento aos seus torcedores com vergonhas repetidas e continuadas como estivesse diante da fatura que cobra com juros e correção o acúmulo de equívocos na sua área administrativa nos últimos anos com as eleições de dois aventureiros.

A mudança de ano e temporada não tem o poder transformador pura e simplesmente, claro, não têm, no entanto, encerra um circulo que foi simplesmente honroso e simbolicamente abre as portas da esperança para o ano de 2020, onde se espera pelo menos que monte um grupo que se respeite e respeite o seu torcedor.

Agora o Esporte Clube Vitória entra de férias e neste período vai catar os cacos, observar o que ai estar pode ser ou não aproveitado, deve confirmar a permanência técnico Geninho, definir dispensas, transferências, renovações de contrato e, sobretudo realizar contratações para a temporada 2020 que seguramente será melhor do que essa que neste sábado foi finalizada, afinal, é impossível realizar uma campanha pior.

O clube ainda não divulgou a data de reapresentação, no entanto, é certo que o Esporte Clube Vitória reencontra seu torcedor no dia 15 de Janeiro (quinta-feira) quando no Estádio Manoel Barradas Carneiro enfrenta o Jacobina às 16h pela 1ª rodada do Campeonato Baiano. Dez dias após (25/1) a estréia será pela Copa do Nordeste agora enfrentando o Fortaleza novamente no Barradão às 16h30.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*