Gedoz reclama de vaias da torcida e explica desentendimento com Carleto

Felipe Gedoz foi novamente vaiado pela torcida do Vitória

Foto: Pietro Carpi

Novamente vaiado pela torcida do Vitória após o empate em 2 a 2 com o Figueirense, neste sábado (2), no Estádio Manoel Barradas, em jogo valendo pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o meia Felipe Gedoz em entrevista na saída do campo reclamou das vaias e disse não entender o motivo. A torcida começou a pegar no pé do jogador após ele perder um gol quando a equipe catarinense estava vencendo.

 

“Se eu acertasse, era o melhor, como errei, sou pior? Não posso dar ouvido a uma coisa dessa. Se tem uma coisa que não entra na minha cabeça são as vaias deles”, afirmou.

Felipe Gedoz também explicou o ‘desentendimento’ que teve com o lateral Thiago Carleto na cobrança de pênalti, efetuada e convertida pelo lateral. “Ele sabia que quem batia era eu, mas ele assumiu, bateu e fez. Já foi, já passou”, explicou.

Com o resultado, o Vitória se mantém no 15º lugar, agora com 37 pontos, quatro pontos de distância para o Figueirense que também fica estagno na 17ª colocação com 33 pontos. Na próxima rodada, o Rubro-Negro Baiano volta a atuar no Estádio Manoel Barradas, agora contra o Brasil de Pelotas, sexta-feira (08), às 19h15, pela 33ª rodada da competição.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*