Marco Antônio evita falar sobre o VAR após derrota para o Santos

"A gente fica sem palavras", disse o jogador

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Depois de perder para Ceará (2 x 1 em Pituaçu) e Internacional (3 x 2 na Fonte Nova), o Esporte Clube Bahia voltou a ter uma atuação horrorosa e na noite desta quinta-feira perdeu para o Santos por 1 a 0, na Vila Belmiro. O único gol foi marcado pelo meia Carlos Sánchez, de pênalti, assim como no duelo do primeiro turno em Pituaçu. Com o resultado, o Esquadrão amarga a terceira derrota seguida no Brasileirão e permanece com 41 pontos no 9º lugar, porém, pode ainda hoje descer uma posição em caso de vitória do Goiás sobre o líder Flamengo no Serra Dourada. Já o Peixe permanece no 3º lugar com 55 pontos. Após a partida, o meia-atacante Marco Antônio evitou falar sobre o VAR que anulou um gol do zagueiro Juninho apintando impedimento de Moisés em lance difícil, e lamentou mais um revés do Esquadrão.

 

“Não gosto muito de falar sobre VAR, juiz. A gente fica sem palavras, porque já é a terceira derrota consecutiva. Continuar trabalhando. A gente está dentro ainda. Concentrar mais. A gente até consegue fazer bom primeiro tempo e, no segundo, acaba deixando que o outro faça o gol. Agora é descansar.”

Na próxima rodada, a de número 30, o Esporte Clube Bahia voltar a atuar fora de Salvador, agora enfrentando o Cruzeiro, domingo (03/11), às 19h, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG). O Esquadrão só volta a jogar como mandante na quarta-feira (06), às 21h30, contra a Chapecoense, na Arena Fonte Nova. Lembrando que o time tricolor não vence há quatro jogos em casa na competição.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*