Bahia recebe o Goiás neste domingo para se aproximar do G6 da Série A

Se vencer, Esquadrão pode assumir o 8º lugar no Brasileirão

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/Bahia

Embalado após vencer o Flamengo por 3 a 0 em Salvador e empatar com o Palmeiras por 2 a 2 no Allianz Parque, dois francos candidatos ao título, o Esporte Clube Bahia recebe neste domingo um adversário que vive um momento complicado. O Goiás, que iniciou o Campeonato Brasileiro surpreendendo, acumula uma sequência de seis jogos sem vencer, sendo que em dois deles, foi goleado por 6 a 1 para Flamengo e Santos. Além do momento ruim, o técnico Ney Franco tem inúmeros problemas. São ao todo sete desfalques. O zagueiro Yago, os volantes Geovane e Léo Sena e o atacante Kayke receberam o terceiro cartão amarelo, enquanto o lateral-direito Daniel Guedes, o meia Giovanni Augusto e o atacante Rafinha estão no departamento médico.

 

Por outro lado, o Bahia não poderá contar com o volante Gregore, que foi expulso no jogo contra o Palmeiras após tomar o segundo amarelo e cumpre suspensão, contudo, terá de volta o zagueiro Juninho e o meia-atacante Artur, que não enfrentaram o Palmeiras por questões contratuais, estão de volta. Fernandão, que cumpriu suspensão, também fica a disposição, este porém, começa no banco. No departamento médico estão o zagueiro Ernando, se recuperando de uma cirurgia, e o atacante Rogério, que trata de uma lesão no ombro.

O Esquadrão não perde há quatro rodadas, porém, nos últimos quatro jogos, são três empates – Chapecoense, Cruzeiro e Palmeiras. Neste momento, ocupa o 11º lugar com 20 pontos (já que foi ultrapassado pelo Athletico), porém, se vencer, provavelmente termine a rodada no oitavo lugar, próximo do G-6. Já o Goiás, mesmo com a sequência negativa de seis jogos, aparece no 14º lugar com 17 pontos, três pontos abaixo do tricolor baiano. Apesar do momento do Bahia ser melhor do que o do Goiás, este é aquele típico jogo perigoso, onde não se permite vacilos.

ARBITRAGEM: O responsável pelo apito será o árbitro Raphael Claus, de São Paulo e pertencente ao quadro da FIFA. Ele será auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa, do Rio de Janeiro, e Daniel Luis Marques, de São Paulo. No árbitro de vídeo, o comando é de Vinicius Gonçalves Dias Araújo, com Vinicius Furlan e Fabricio Porfirio de Moura. Os três membros da ferramenta são de São Paulo.

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Google
  2. Google

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*