Ney Franco balança na Chape e jogo contra o Bahia vira uma decisão

Após ser goleado pelo São Paulo, por 4 a 0, no Morumbi, a pressão da Chapecoense aumentou e o presidente o presidente Plínio David de Nes Filho já não garante a permanência do técnico Ney Franco que balança no cargo. Com o treinador, são 19 jogos, com 5 vitórias, 4 empates e 9 derrotas. O último triunfo foi no dia 26 de maio, contra o Cruzeiro, fora de casa. De lá para cá, perdeu quatro vezes (Palmeiras, Goiás, Atlético-MG e São Paulo) e empatou uma (Fluminense).

Com a necessidade de voltar a vencer, o duelo contra o Esporte Clube Bahia no próximo domingo, às 11h, na Arena Condá em Chapecó, se tornou uma decisão para o grupo (que pode sofrer mudanças) e principalmente para o técnico que pode ser demitido em caso de novo tropeço. O Verdão está na 18ª colocação, com oito pontos.

“Temos que fazer uma avaliação, não sou a único a fazer essa avaliação. Tem uma equipe toda que fará conosco para ver o caminho que devemos tomar. Evidentemente, que vamos procurar uma correção do caminho. Isso não tem nenhuma dúvida. Nosso trajeto está com muito pedregulho, não é por aí”, declarou o mandatário, à rádio Oeste Capital.

Foto: Tarla Wolski

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*