Morre aos 82 anos Adherbal Amaral, funcionário símbolo do Bahia

Há mais de 30 anos como funcionário do Esporte Clube Bahia, o auxiliar administrativo Adherbal Amaral faleceu na manhã desta quinta-feira (25), em Salvador, aos 82 anos. Colaborador-símbolo do Esquadrão e muito querido por todos, ele lutava contra o câncer há mais de 17 anos. Na conquista do Campeonato Baiano em abril deste ano, foi homenageado erguendo o troféu, inclusive usando a tarja de capitão, cena que foi imortalizada numa camisa da coleção casual #BahiaClubeDoPovo, da marca Esquadrão.

Em 2018, seu carisma chegou a virar GIF de comemoração de gol da equipe. Além disso, recebeu no Conselho Deliberativo a Comenda Waldemar Costa – a mais alta do estatuto tricolor. Seu Adherbal deixa a esposa Marina e três filhos: Maurício, Maíra e Rodrigo.

A cerimônia de cremação está marcada para as 16h30 de hoje, no cemitério Jardim da Saudade, na capital baiana. Antes, a partir das 16h, haverá missa na capela G do local.

A diretoria do clube estará presente e já determinou que seja observado um minuto de silêncio antes de a bola rolar para o próximo jogo em casa do time, contra o Flamengo, dia 4, pelo Brasileirão. O clube demonstra solidariedade e presta condolências e homenagens.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*