Bahia de Feira dispensa 5 jogadores; “Era algo programado”, diz Quintino

Bahia de Feira tem chances pequenas de classificação na Série D

Foto: Facebook / Bahia de Feira

Após a excelente campanha no Campeonato Baiano de 2019, terminando a primeira fase como líder absoluto e chegando na grande final, perdendo o título para o Esporte Clube Bahia, o Bahia de Feira chegou na Série D como um forte candidato a conseguir a classificação e, quem sabe, brigar pelo acesso. Porém, perdeu peças importantes, casos de Gabriel Bispo e Van que foram para o Vitória, e com atuação bem distante daquilo que apresentou no Baianão, acabou tropeçando alguns jogos e ficando em situação difícil, com chances pequenas de classificação na competição nacional.

 

Mesmo ainda não estando eliminado matematicamente na Série D, o Bahia de Feira já começa sua reformulação e cinco jogadores já deixaram o clube. São eles, o goleiro Rodolfo, o zagueiro Vitor Hugo, os meias Edimar e Dionísio e o atacante Matheus. Em entrevista ao Jornal Folha do Estado, o técnico Quintino Barbosa, o Barbosinha, falou sobre as saídas como algo programado, e lamentou as perdas de Bispo e Van após o Estadual.

“No Bahia de Feira não existe crise na derrota, nem euforia na vitória. O que está acontecendo era algo programado porque existem garotos da base que precisam de uma oportunidade e temos que pensar ainda em atletas que estão conosco, mas daqui a um tempo podem não estar. Podem ser negociados como o Bispo e o Van que estão no Vitória e por conta disso temos que nos preparar”, disse.

Com chances pequenas de classificação, mas ainda sonhando e acreditando, o Bahia de Feira volta à campo neste sábado (01/06) para enfrentar o já eliminado Serrano-PB, às 16h, no estádio Amigão, na Paraíba, pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Para manter as chances vivas, o Tremendão precisa vencer o Serrano e torcer por uma derrota do América-PE diante do América-RN que se enfrentam no mesmo horário, no estádio Ademir Cunha, casa do time pernambucano. Vale lembrar que a equipe ainda pode perder três pontos em virtude de uma possível escalação irregular do meia Edimar.

Caso aconteça essa combinação, o Bahia de Feira chegaria na última rodada com 7 pontos, enquanto o América-PE ficaria com os mesmos 9 pontos. Lembrando que os dois se enfrentam na última rodada, no dia 9 de junho, às 18h, na Arena Cajueiro. Com isso, o Tremendão precisaria vencer o time pernambucano diante do seu torcedor para se classificar. No entanto, caso hoje (1º) o time feirense perca ou empate, estará eliminado matematicamente, independente do resultado da outra partida.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*