Sem ser relacionado, Guilherme é alvo de clube carioca e deve deixar o Bahia

Fluminense estuda a contratação do jogador de 30 anos

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Sem ser relacionado desde o dia 13 de março, quando o Bahia ainda comandado por Enderson Moreira perdeu para o Sergipe em plena Arena Fonte Nova, o meia Guilherme está com os dias contados no Fazendão. Naquela partida, o jogador retardou uma jogada e ao ser vaiado, gesticulou para a torcida que ficou revoltada. No jogo seguinte, contra o Jequié, o atleta foi barrado e desde então não aparece nas relações das partidas.

Fora dos planos, o meia tem propostas e deve deixar o Bahia nos próximos dias. Segundo informações veiculadas no site Globoesporte nesta segunda-feira, o Fluminense estuda a contratação do jogador. Recentemente, o jogador teve uma conversa como técnico Fennando Diniz, com quem trabalhou no Atlético-PR. Caso se concretize a saída do jogador, o Bahia vai reaver o dinheiro referente a dívida que o Corinthians tinha pela compra de Juninho Capixaba.

 

Guilherme chegou ao Bahia por empréstimo até o final do ano com os salários pagos pelo Corinthians como forma de quitar a dívida pela compra do lateral-esquerdo Juninho Capixaba. O meia atuou em 11 partidas pelo tricolor até aqui na temporada (7 como titular e 4 saindo do banco) e marcou apenas um gol diante da Juazeirense. No entanto, desde sua chegada, foi alvo de críticas que foram aumentando cada vez que atuava de forma apagada, e piorou a polêmica com a torcida.

VEJA TAMBÉM

Bahia abre as portas e Ávine inicia período de treinos no Fazendão

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Parabéns! Excelente artigo. Lembrando que comprar um bom veículo é o sonho de muitos brasileiros, o problema é quando o sonho se transforma em pesadelo, triste realidade que muitos enfrentam quando procuram o banco para financiar o veículo, e no decorrer do cumprimento do contrato, perdem o emprego, ou ocorre algum fato que compromete a renda familiar, o resultado de forma inevitável, é a inadimplência e em alguns casos busca e apreensão o veículo.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*