Líder de assistências, Vinícius se torna o artilheiro do Bahia na temporada

Atual reserva, Vinícius é o garçom do time em 2018

Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia

Com a grande atuação e dois gols marcados no último sábado saindo do banco de reservas para decretar o triunfo do Bahia sobre o Paraná Clube, por 2 x 0, no estádio Metropolitano de Pituaçu, o meia Vinícius assumiu a liderança de outra estatística importante. Líder de assistências da equipe na temporada com 11 passes para gol, ele se tornou também o artilheiro com 12 gols (não contabilizando aquele do BA-VI da confusão).

Com 12 gols em 52 jogos, Vinícius ultrapassou o badalado Zé Rafael, que tem 11 gols em 59 jogos, porém, não vem tendo boas apresentações e não marca há 14 jogos. Sobre Vinícius, foi peça importante do time no primeiro semestre, no entanto, caiu de produção e acabou perdendo o posto de titular no Campeonato Brasileiro para o jovem Ramires, de 18 anos. Na Série A, Vinícius marcou quatro gols e deu uma assistência em 23 partidas, participando de 16% dos 30 gols tricolores na competição.

Estatísticas de Vinícius no ano
Sul-Americana – 4 jogos, nenhum gol
Brasileirão – 23 jogos, 4 gols
Copa do Brasil – 4 jogos, 1 gol
Baianão – 11 jogos, 5 gols
Nordestão – 10 jogos, 2 gols



“Fruto de muito trabalho. Todo mundo sabe da desconfiança quando cheguei aqui. No ano passado não foi tão bom para mim, mas foi de crescimento, amadurecimento tanto profissional e pessoal. Esse ano vim com a proposta de fazer a pré-temporada. É claro que eu estava um tempo sem fazer gol e a torcida pedia a dancinha que é sinônimo de gol. Hoje puder fazer num clube que me formou. Um clube que tenho muito carinho, onde vivi alguns anos da minha vida no Paraná”, comemorou após o triunfo sobre o Paraná.

Bahia tem retornos e também dúvidas para o duelo contra o Botafogo

Deixe seu comentário