Cerri fala sobre reforços: ‘Não vamos acertar tudo, mas estamos tentando’

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia apresentou na última quinta-feira o volante Luiz Henrique, de 21 anos, 19º e último reforço do tricolor para a temporada 2018, anunciado no último dia de inscrições para o Brasileirão. O jogador chega ao Bahia como uma “oportunidade de mercado”, segundo destacou o diretor de futebol Diego Cerri. O dirigente também falou sobre contratações e ponderou que pode existir falhas, mas a diretoria busca acertar sempre.

“Foi uma oportunidade de mercado. Só dá para fazer caixa se der certo na parte esportiva. Não somos clube pensando em lucro, pensamos em resultado. Às vezes você perder um jogador sem retorno é ruim. Claro que vão existir falhas, que não vamos acertar tudo. Mas estamos tentando acertar”, disse.



No entanto, como a saída de Régis aconteceu no último dia para inscrições de jogadores no Campeonato Brasileiro, o Bahia não teve tempo para buscar uma peça de reposição e diante do desgaste físico de alguns jogadores, o técnico Enderson Moreira promoveu o meia Ramires, de 18 anos, para o time profissional, fazendo sua estreia diante do Sport-PE. Ele é cria da base, mas estava defendendo o time SUB-23 no Brasileiro de Aspirantes.

Diego Cerri explica mal entendido no caso Régis e fala em reinvestir na equipe

Deixe seu comentário