Criticado no Bahia, atacante esteve muito próximo de deixar o clube

Foto: Felipe Oliveira / ECB

A torcida do Bahia esteve próxima de receber uma grande notícia, porém, por azar ou falta de sorte, não deu certo. O contestado e criticado atacante Kayke ficou perto de deixar o Tricolor para jogar no Vasco da Gama, destacou os veículos de imprensa carioca. No entanto, o que fez melar a negociação foi a saída do técnico Zé Ricardo, que teria solicitado a contratação do jogador, porém, após derrota para o Botafogo, pediu demissão e abandonou o barco cruzmaltino.

Kayke teria a confiança de Zé Ricardo, já que ambos se conhecem desde a divisão de base do Flamengo, onde ele começou a engatinhar. O atacante fez sucesso no ABC, em 2015, quando anotou 18 gols em 34 partidas. Na mesma temporada, retornou ao rubro-negro. Em 16 partidas, marcou seis gols e foi negociado para o Yokohama Marinos. Antes de chegar ao Bahia, teve uma passagem apagada pelo Santos. Veja abaixo o que disse Kayke.

“Ele me conhece desde a base, e sempre mantivemos contato. Recebi o convite para ir para o Vasco e já tínhamos uma conversa avançada. Falei da minha vontade de sair do Bahia porque estava sendo pouco aproveitado. Tenho que jogar. Fiquei em campo só nove minutos no Brasileiro, queria poder ajudar mais. Surgiu a chance do Vasco, e eu já tinha dado aval, chegamos a ter um acerto. O Zé saiu e tudo voltou ao zero. Via como uma ótima oportunidade participar da reformulação do Vasco, um grande clube”, disse ao GloboEsporte.com.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*