Marcelinho Paraíba tem prisão decretada por atrasar pensão alimentícia

Com passagem pela Seleção Brasileira, o meia Marcelinho Paraíba, que atualmente defende o Treze-PB, teve a prisão preventiva decretada nesta sexta-feira, por atraso no pagamento de pensão alimentícia. O mandado foi expedido pelo juiz Cláudio Pinto Lopes, da Vara da Família de Campina Grande, no dia 11 de maio, mas só foi tornado público nesta sexta-feira.

Segundo informações do portal Terra, a ordem judicial ordena que o jogador de 43 anos seja preso por 30 dias no Presídio do Monte Santo, em Campina Grande, além de exigir que o Treze desconte o devido valor diretamente do salário do atleta.

O jogador já não acompanhou delegação do Treze na viajem que deixou Campina Grande no começo da tarde desta sexta-feira rumo a Maceió, onde enfrentarão o Santa Rita de Alagoas, pela Série D do Campeonato Brasileiro. Marcelinho tem 43 anos, teve passagens em clubes como São Paulo, Grêmio e Herta Berlin, da Alemanha, além de ter defendido a Seleção Brasileira.

Deixe seu comentário