Guto exalta lateral e pede pés no chão “Não é garantia de classificação”

Com atitude, eficiência e tranquilidade para transformar as chances criadas em bola na rede. Desse jeito, o Esquadrão de forma avassaladora e com uma atuação de gala, amassou o tenebroso e desorganizado time do Vasco da Gama, aplicando 3 a 0 (que ficou barato) e garantindo uma excelente vantagem para o jogo de volta, em São Januário, que só acontece no dia 16 de julho, após a Copa do Mundo.

Zé Rafael, Edigar Junio e Vinícius trataram de desenhar o confortável placar de 3 a 0, acabando assim com a seca de gols que perdurou por exatos 303 minutos e também de triunfos – estava há três jogos em vencer (Atlético-PR, Botafogo-PB e Sport).

Após o jogo, o técnico Guto Ferreira rasgou elogios ao lateral-direito João Pedro, que substituiu Nino Paraíba – vetado com amigdalite. O treinador também pediu pés no chão e afirmou que os 3×0 não é garantia de classificação.

“Ele é um grande jogador. E desse nível de atuação para cima, é o que penso. Não tenho dúvida da qualidade dele. Nos últimos jogos, dentre as mudanças, ele conseguiu ter sequência de jogos e foi muito bem […] Quanto mais atletas marcar, com confiança lá em cima, é bom para nosso time. Pé no chão. Fizemos um bom jogo, bom resultado, só que isso não é garantia de classificação. Será um outro momento dos dois clubes, e agora precisamos voltar a ganhar no Brasileirão. Precisamos pontuar”, finalizou.

Ouça a entrevista completa:


Segue a dieta de carne branca. Galinha, Baleia e Bacalhau. Bahia 3×0 Vasco

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*