Guto Ferreira preocupado com o rendimento defensivo do Bahia

Dos 13 jogos do ano, Bahia sofreu gol em 9 deles

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O técnico Guto Ferreira tem um enorme problema para resolver nos próximos jogos do Bahia. A dor de cabeça é justamente o setor defensivo, que apesar de ser o melhor do Campeonato Baiano (que não serve de parâmetro), vem sofrendo gol à todo jogo. Sem contabilizar o gol sofrido no BA-VI, o Esquadrão foi vazado nas últimas CINCO partidas. Náutico (lá e cá), Juazeirense, Atlântico e Jequié.

Em 13 partidas disputadas no ano, o Bahia marcou 25 gols e levou 9 bolas nas redes, sendo uma por jogo. Desta forma, a defesa tricolor só saiu ilesa em quatro jogos de 2018, incluindo o BA-VI, se contabilizado o resultado de 3 a 0 para o Esquadrão. Se não, seria SETE jogos em sequência tomando gol. Nas últimas cinco partidas, a média é de 1 gol sofrido por jogo.

Buscando uma melhora no setor defensivo, correções e ajustes já estão sendo feitos pelo técnico Guto Ferreira, como garantiu o lateral-esquerdo Léo, que participou de 10 das 13 partidas do tricolor na temporada. Ele faz parte do quinteto do setor que mais jogou, composto também por Douglas (9 jogos), Nino Paraíba (8 jogos), Tiago (10 jogos) e Lucas Fonseca (9 jogos). Estes cinco, no entanto, só estiveram juntos em três partidas.


Os jogos em que sofreu gol:

Náutico 1×0 Bahia
Bahia 6×1 Jequié
Juazeirense 1×2 Bahia
Bahia 2×1 Atlântico
Bahia 2×1 Náutico
Bahia 6×1 Vitória da Conquista
Bahia 2×1 Jacuipense
B. de Feira 1×0 Bahia
Bahia 0x1 Botafogo-PB

Os jogos sem sofrer gol:

Vitória 0x3 Bahia
Jacobina 0x0 Bahia
Altos 0x2 Bahia
Bahia 0x0 Fluminense de Feira

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*