Copa São Paulo: Vitória de 1993 chegou na semifinal e revelou grandes nomes

O goleiro Dida, pentacampeão mundial, jogou a Copinha de 93

O Vitória enfrenta o São Paulo na tarde desta quinta-feira (18), jogo válido pelas quartas de final da Copa São Paulo. O Leão entra em campo às 15h (horário da Bahia), em Ribeirão Preto, para tentar repetir a melhor campanha do clube na competição. Se classificando, chegará na semifinal, mesma fase que conseguiu alcançar em 1993.

Aquela equipe de 93 não só fez uma grande campanha na Copinha como revelou grandes jogadores para a equipe principal. Exemplos de Dida, Vampeta, Paulo Isidoro e Alex Alves. Todos promovidos aos profissionais e responsáveis por conduzir o Leão ao vice-campeonato do Campeonato Brasileiro.

Em 1993, o Vitória fez uma grande campanha no Campeonato Brasileiro, despachando times como Corinthians, Santos e Flamengo. Acabou sendo vice-campeão, pois na final foi derrotado pelo grande time do Palmeiras, que tinha feras como Edmundo, Zinho e Evair. Mesmo assim, aquela equipe será lembrada eternamente, na história do clube baiano.

Assim como aconteceu em 1993, há a expectativa de que alguns jogadores que disputam a Copinha sejam aproveitados no elenco profissional. Um dos destaques do time na competição, o meia Luan já atrai o interesse do Barcelona. Ele é o artilheiro do time com 6 gols marcados. Ao lado de Eron, juntos marcaram 11 dos 17 gols do Leão na competição.

O Rubro-Negro chegou até as quartas de final com um cartel de cinco triunfos e apenas uma derrota, sofrida na última rodada da fase de grupos, com vaga já garantida. Alguns jogadores que disputam a atual edição da Copinha também formaram a base dos times que venceram a Copa do Brasil sub-17, em 2015, e a Copa do Nordeste sub-20 no ano passado.

VEJA TAMBÉM!

Embalado, Vitória encara o São Paulo de olho na semifinal da Copa São Paulo

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*