Com rescisão publicada no BID, Régis em condição de reestrear pelo Bahia

O Bahia já havia oficializado na quarta-feira a renovação de contrato do meia

Eleito o craque da Copa do Nordeste de 2017, o meia Régis já tem data para fazer sua reestreia pelo Bahia. Nesta quinta-feira, a rescisão do jogador junto ao Sport-PE foi publicada no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e nos próximos dias deve ser registrado como jogador em definitivo do Esquadrão, com contrato válido por três temporadas.

O jogador foi envolvido na negociação que levou o goleiro Jean para o São Paulo. O clube paulista comprou os direitos federativos do meia e parte dos econômicos e repassou ao Bahia, que tem direito a 20%. Régis chegou ao Bahia em 2016, atuando por empréstimo ano passado na campanha do time na Série A e ao todo, já vestiu a camisa em 70 oportunidades, marcando 16 gols.

O Bahia já havia oficializado na quarta-feira a renovação de contrato do meia Régis, juntamente com a contratação do lateral-esquerdo Eugenio Mena, que rescindiu com o Cruzeiro para acertar com o Bahia. Até o momento, foram 8 contratações ao todo e ainda deve anunciar mais dois nomes em janeiro, segundo o presidente Bellintani.

Foi especulado que o Santos estaria disposto a pagar R$ 11,7 milhões por 75% dos direitos de Régis, que pertencem a Bahia (20%), São Paulo (45%) e empresário (10%). No entanto, essa semana, entrevista ao site oficial do clube santista, o presidente desmentiu e descartou a contratação do jogador de 25 anos. “Não existe nada (com o Régis). O que acontece é que tem muito intermediário. Quem está precisando de jogador é o Santos. Muita gente se apresenta como sendo do Santos. Mas não tem nada”, disse.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*