Me chamaram até de Corno, desabafa atacante do Lanús

O atacante Sand foi decisivo para a virada épica do Lanús contra o River Plate na semifinal da Copa Libertadores ontem à noite decidindo vaga para as finais da competição. O atacante foi o autor de dois gols que iniciaram a reação para a vitória por 2 a 0 que levou o Lanús pela primeira vez uma decisão do principal torneio sul-americano.

Eufórico e ainda sobre os efeitos da alegria o jogador desabafou e apelou para tudo: Segundo ele foi chamado de “corno” por um jornalista argentino e mandou um abraço em nome de sua esposa.

“Aguentei as cobranças por 15 dias, toda a imprensa parcial me disse de tudo. Me chamaram até de corno. Minha mulher manda um abraço ao Tano, ou não sei como se chama… Beijos para todos. Hoje, viramos sobre o River”, disse o atacante, ainda no gramado do estádio La Fortaleza.

“Estou feliz, é histórico conseguir uma virada assim contra o River. Fazer quatro gols é impressionante. Estou conseguindo coisas que não imaginava, agradeço meus companheiros, porque sem eles não poderia ter feito tudo isto”, acrescentou Sand.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*