Marcelo Sant’Ana iguala feito de Marcelo Guimarães Filho

Com a demissão de Preto Casagrande, que volta ao cargo de auxiliar, o Esporte Clube Bahia chegará ao seu QUARTO técnico na temporada 2018 e SÉTIMO na gestão do presidente Marcelo Sant’Ana, assim que anunciar como esperado o nome de Paulo César Carpegiani, repetindo um “feito” somente alcançado em 2012 quando na gestão do seu xará Marcelo Guimarães Filho, o Bahia teve em uma só temporada QUATRO treinadores. Joel Santana, Paulo Roberto Falcão, Caio Júnior e Jorginho.

Em 2012, o Bahia sob comando de Falcão quebrou um longa fila de 10 anos sem levantar a taça do Campeonato Baiano, empatando na final com o Vitória em 3 a 3, com gols de Gabriel, Fahel e Diones. Na sequência, terminou o Campeonato Brasileiro na 15ª posição com 47 pontos, seis pontos acima da zona dos desesperados, suficiente para evitar o rebaixamento.

Em 2013, o Tricolor teve três técnicos: Jorginho, Joel Santana e Cristóvão Borges; em 2014, foram Marquinhos Santos e Gilson Kleina; em 2015, Sérgio Soares e Charles; e em 2016, Doriva e Guto Ferreira.Na gestão de Marcelo Sant’Ana, já comandaram o Bahia sete treinadores: Sérgio Soares, Charles Fabian, Doriva, Guto Ferreira, Jorginho, Preto Casagrande e Paulo César Carpegiani (ainda à confirmar).

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*