Conta-gotas do ATAHUALPA: Vitória meu sofrimento

Há muito tempo criei uma assertiva de que Vitória é um time tão azarado...

FUTEBOLBAHIANO DE ROUPA NOVA

Não posso deixar de elogiar o esforço de Dalmo Carrera e Fellipe Costa. O blog ou o site, agora não sei mais, risos, está excelente Emmanuel Kant dizia que “toda reforma interior e toda mudança para melhor dependem exclusivamente da aplicação do nosso próprio esforço”. Todavia fiquem preparados, para o que Érico Veríssimo ressalva: “Quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos de vento.” Contudo, vocês são fortes para se blindarem contra os fracos que sempre ficam nas esquinas da inveja.

CHILENOS APOSTAM NO BRASIL

Para realização de meu antigo desejo, passei alguns dias, conhecendo parte da cordilheira dos Andes, no Chile, faltando agora o Peru. Santiago não decepciona o visitante. Pessoalmente, entendo que a capital chilena é melhor que Buenos Aires. Só as mulheres não as achei belas. As argentinas ganham disparadamente. Conversando com uma chilena, sobre a antipatia que eles têm dos argentinos (por causa do conflito de Beagle, quase havia uma guerra entre os dois países, recentemente em 1978) e pelo carinho que têm dos brasileiros. Surpreendentemente ela nos respondeu que o Brasil ERA querido. Risos.

Acho que eles esperavam que fôssemos entregar o jogo último, para ajudá-los e prejudicar os portenhos. Contudo em outras conversas, entendem que o Brasil é o favorito para a próxima Copa. Incrível que eles não esquecem dos jogos que fizemos principalmente no Estádio Suasalito, em Viña Del Mar. De longe, vi este estádio, da Copa de 1962, quando Garrincha foi o melhor jogador. Incentivo a todos a conhecerem esse belo e querido país.

VITÓRIA, MEU SOFRIMENTO

Há muito tempo criei uma assertiva de que Vitória é um time tão azarado quando faz um gol de pênalti o seu torcedor não vê o repeteco na TV, porque é capaz do goleiro efetuar a defesa. Otávio Mangabeira dizia que “Pense num absurdo, na Bahia tem precedente”, Se aplicarmos ao nosso clube, diríamos pense num absurdo que no Vitória tem precedente. O Vitória perde todas em casa e ganha fora. Quem iria imaginar o Vitória em SP, quebrando a invencibilidade do Corinthians, e vencendo Flamengo, Coritiba, Botafogo, Atlético Mineiro e empatando com o Santos e Cruzeiro? Em compensação, em casa perde para Sport, Avaí, Atlético do Paraná, Chapecoense e Coritiba e empata com os goianos, times inferiores? Outro dia ao não festejar a recuperação do Vitória no segundo turno, nosso amigo Dalmo disse que era pessimista, mas na verdade sou realista, pois conheço o passado do meu clube.. Se fizéssemos o dever de casa, estaríamos na quinta colocação, mas ainda tenho esperança, de permanecer na primeira divisão, por causa dos demais concorrentes, mas está muito complicado.

RECUPERAÇÃO DO BAHIA

O Bahia continua correndo diminutos riscos do rebaixamento, mas a sua situação é muito cômoda. A diretoria tricolor acertou na substituição de Preto, apesar de tardiamente, mas antes tarde do que nunca. Agora, os tricolores já se encontram entrando no céu de brigadeiro. Tem todas as condições de permanecer na primeira divisão, para alegria de seus torcedores, a não ser que o seu técnico comece inventar.

CAMPEONATO BAIANO SE APROXIMA

A novela continua. Faltam menos de 3 meses, será que já foram vistoriados os gramados dos estádios do interior? Quando começa o campeonato brasileiro, a FBF se transfere para uma rede, lá em Porto Seguro, para tristeza dos índios pataxós.

CEARÁ, O MELHOR DO NORDESTE?

Parabéns aos cearenses. O Ceará está fazendo um belo campeonato na Série B e se encontra em segunda colocação. No último jogo, ganhou do Internacional em Porto Alegre. Os gaúchos, sempre arrogantes, não engoliram esta derrota, para um nordestino e apesar da primeira colocação houve muitas vaias e o argentino D’Alessandro liderou protestos dos atletas contra os torcedores.

ATAHUALPA – amigo e colaborador do Futebol Bahiano

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*