Paranaenses apontam incompetência e burrice do Bahia

O caso do adiamento do jogo do Bahia e os riscos existentes servem como alerta, para todos os clubes de futebol e principalmente, para os da Série A, que teoricamente têm cara estrutura administrativa. Pelo peso da responsabilidade, para se prevenir de inúmeros eventos, como o decorrente do tempo, se tornou rotina o deslocamento com 48 horas de antecedência. Como não acompanho o Bahia, limito-me no que estão divulgando. O Bahia optou viajar 24 horas antes. Diz no site da Tribuna do Paraná:

“A situação começa com o incêndio que atingiu uma parte do aeroporto Luiz Eduardo Magalhães, em Salvador, na tarde de sexta-feira. Isto fez com que os voos partindo da capital baiana fossem remanejados, e a delegação do Bahia foi dividida. Parte dela seguiu para Curitiba em um voo e chegou. A outra parou em São Paulo, e não houve condições meteorológicas para que o voo saísse na noite da sexta. Assim, oito jogadores só deixaram a capital paulista na manhã deste sábado”

Bem segundo também divulgado, num outro site, este vôo foi desviado para Campinas e alugaram um ônibus, chegando em Curitiba, pela manhã. Quando menos jovem, risos, em férias, já transitei várias vezes nesta rodovia, salvo engano Régis Bittencourt. Uma distância equivalente de Salvador a Conquista, mas com substancial redução de tempo, pela qualidade da estrada. Resumindo, antes das 12 horas de sábado TODOS OS JOGADORES ESTAVAM EM CURITIBA.

Segue a Tribuna do Paraná:

“Mas o Paraná Clube sabia que a maior parte do elenco do Bahia estava em Curitiba, e por isso não aceitou a decisão vinda do Rio de Janeiro. Até porque não tinha sido consultado.

A posição do Paraná Clube é de revolta. Em entrevista à Tribuna na manhã deste sábado, o executivo Rodrigo Pastana disse que não havia razão para que a partida não acontecesse hoje. “Eles estavam com apenas oito atletas em Guarulhos. Os outros estão no hotel. Eles fizeram a logística errada…”

Finaliza a matéria da Tribuna do Paraná:

“ Federação Paranaense de Futebol havia sido informada do adiamento, mas tomou conhecimento da posição do Paraná Clube e agora está em prontidão aguardando um novo contato da CBF. Em contato com a Tribuna, o presidente do Bahia, Marcelo Santana, diz que para o clube o melhor é jogar no domingo. “É mentira. Eles poderiam ter viajado na quinta-feira (23). Eles querem jogar a culpa para os outros”, finalizou Rodrigo Pastana.”

Na verdade, se fosse com o Vitória, muitos aqui estariam criticando, com razão o clube, pela falta de prudência. Há um pensamento perfeito, de autor desconhecido que diz:

“Devemos ser prudentes como a águia que, vê ao longe não somente a presa indefesa mas também o seu predador e inimigo, e se esquiva antes que ele ataque!”

Não se pode passar o fato sem a interpretação correta. O jogo foi cancelado, graças ao prestígio na CBF de Ednaldo, que tanto o criticamos e por ser a parte contrária o Paraná e não o Atlético ou Coritiba, uma vez que todos os jogadores já se encontravam em Curitiba, uns chegaram na sexta e os demais cansados no sábado.

Houve respaldo, pelo regulamento para se suspender o jogo? Sim, mas poderia haver uma interpretação outra. Assim, senhores dirigentes, de todos os clubes, a prudência sempre aconselhou viagem, com antecedência de 48 horas e todos sabiam que haveria temporal em São Paulo, capital.

Bem, como se vê o que comentam por lá não é o que se diz por aqui. Quem tem razão? Para encerrar transcrevo comentários, sem correção no português, de alguns torcedores do Paraná, no site gazeta do povo:

jorge luiz tuleski± 1 dia

Queria ver se o fato fosse o contrario, o Paaraná Clube tivesse problemas para chegar em Salvador, com o respeito que a CBF, Federação e TV tem com nosso clube, fatalmente o jogo aconteceria…

O Dedetizador± 1 dia

Dois baianos estavam sentados ao pé de uma árvore à beira de uma estrada. De repente passa por eles um carro muito veloz, e deixa cair uma nota de 100 reais. Nisso um deles fala : Ixi bixim, se o vento mudá nóis ganha o dia ! Moral da história , nunca confiem no fuso horário baiano. A Pontualidade para eles é um paradigma a ser quebrado.

Daniel Choma± 1 dia

Que bahianada!

Titiago Tricolor± 1 dia

Esse Bahia é ridiculo. Ao invés de assumir a cagada de planejamento e colocar o time para jogar (que está em Curitiba), prefere transferir a responsabilidade para os outros. Quiseram economizar na viagem e quem paga é a diretoria do Paraná e sua torcida. Brasilzão véio!

Tiago Tricolor± 1 dia

Os caras querem fazer viagem na véspera e temos que pela incompetência deles?

Tigre da Vila± 1 dia

Se quiserem, joguem com os jogadores que estão em Curitiba. O Paraná Clube não pode pagar pela incompetência logística do time baiano. Se não entrarem em campo, é WO.

Atahualpa – Amigo, Vitória e colaborador do BLOG  

Deixe seu comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. online reputation management activities
  2. selectyourkicks.com
  3. 토토사이트

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*