Meia recorda drama no futebol russo e celebra primeiro gol pelo Vitória

"Quando o atleta não está feliz ele não desempenha da forma ideal"

Foto: Victor Ferreira / EC Vitória

O Esporte Clube Vitória venceu a concorrência do Coritiba para contratar o meia Daniel Júnior, que pertencia ao Cruzeiro e foi adquirido em definitivo por 500 mil dólares (em torno de R$ 2,5 milhões) referente 60% dos direitos econômicos. Antes de chegar ao Leão, o jogador teve uma passagem com o clube russo Akhmat Grozny, no qual jogou por empréstimo em 2023 e fez apenas sete partidas. Ele revelou o drama que passou na Rússia.

 

“E lá eu não estava feliz. Quando o atleta não está feliz ele não desempenha da forma ideal. Puxou muito para o lado pessoal também, minha família estava lá comigo e não estava feliz. Minha mãe chorava todo dia. Aí eu tomei a decisão de voltar, mas não foi uma negociação fácil. Ele [empresário] se empenhou, mais de um mês para me trazer para cá. Disse que quando fizesse um gol ia dedicar a ele. Foi tão especial que saiu no dia do aniversário dele. Agradecer a Deus por me propiciar esses momentos”.

Na última quarta-feira, o meia marcou seu primeiro gol pelo Vitória, garantindo o empate contra o Náutico no apagar das luzes. “Sentimento de gratidão. Muito feliz por fazer meu primeiro gol aqui. O domínio escapou um pouco, mas consegui ajeitar e fui feliz em fazer o gol”, celebrou o meia após a partida.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário