Comprado pelo Bahia, Kanu se despede do Botafogo nas redes sociais

O zagueiro Kanu, que estava emprestado pelo Botafogo até dezembro, foi adquirido pelo Bahia.

Foto: Vitor Silva / Botafogo

O zagueiro Kanu, que estava emprestado pelo Botafogo até dezembro, foi adquirido pelo Esporte Clube Bahia e assinou vínculo definitivo até dezembro de 2027. Desde que chegou ao Tricolor, são 34 jogos disputados, 33 como titular, sendo que o jogador que mais entrou em campo pelo tricolor na temporada. O clube não informa valores, mas segundo informações, foi desembolsado 2 milhões de euros (cerca de R$ 10 milhões). Nas redes sociais, o atleta se despediu do Botafogo.

 

“Hoje me despeço oficialmente desse clube ao qual eu serei eternamente grato e sempre estará em meu coração onde quer que eu esteja. Muito feliz em ver o crescimento notório do clube e por ter feito parte desse processo. Sempre disse que queria sair pela porta da frente e com a consciência tranquila, tivemos momentos tristes, muito mais momentos felizes e a certeza que sempre trabalhei e respeitei esse clube da maneira correta. Fica aqui meu agradecimento a todos os funcionários que abriram as portas pra mim, um menino sonhador 10 anos atrás, e a essa grande torcida. Hoje se encerra de fato esse grande ciclo. Muito obrigado!”

Natural de Duque de Caxias (RJ), Victor Hugo Soares dos Santos, mais conhecido como Kanu, passou pelas divisões de base de Flamengo e Vasco antes de chegar ao Botafogo, onde começou na base, mas se profissionalizou em 2018, em jogo contra o Macaé, pelo Campeonato Carioca. Em 2019, foi emprestado ao Cabofriense, mas retornou no mesmo ano.

Em 2020, conquistou seu espaço no time botafoguense e se tornou titular, sendo peça importante na conquista do acesso à Série A em 2021. Em 2022, iniciou o ano como titular, mas perdeu espaço no segundo semestre. Ao todo, foram 138 jogos pelo clube carioca, com 4 gols marcados e 2 assistências. Em 2022, o zagueiro disputou 35 jogos pelo Botafogo e marcou 4 gols. Sua melhor temporada foi em 2021, quando disputou 50 partidas e foi peça importante na conquista do acesso à Série A.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário