Sport assume posto de time nordestino com mais quedas no Brasileirão

Leão da Ilha divide liderança de times com mais rebaixamentos com Avaí, Vasco e Coritiba

O rebaixamento matemático do Sport maximizou a necessidade de modificações internas no clube, assim como ampliou o número de quedas na história do Campeonato Brasileiro. Com o recorte máximo da competição, envolvendo o método de acesso e descenso adotado em 1988, o Leão da Ilha desceu seis vezes para a Série B. Desse modo, o time pernambucano passa a figurar como a equipe nordestina com mais rebaixamentos no histórico geral do campeonato, além de dividir o posto com América-MG e Coritiba.

 

Por outro lado, no método de pontos corridos, adotado a partir de 2003, o Leão da Praça da Bandeira acumula também o feito exclusivo de abranger a maior quantidade de rebaixamentos, sendo esse de 2021 para 2022 o quarto para a Segundona, isto é, a terceira nos últimos dez anos. Como resultado, o Rubro-Negro Pernambucano se associa a Vitória, Vasco, Avaí e Coritiba como os clubes com mais quedas há 18 anos.

Em suma, o Sport ultrapassou o rival Santa Cruz, que em todas as oportunidades que disputou a elite do futebol nacional a partir de 1988, ou seja, cinco vezes, acabou caindo de divisão, além do Leão da Barra, que caiu quarto vezes na era dos pontos corridos e também ficou nas últimas posições da Série A em 1991.

Rebaixamentos desde 1988:

Seis rebaixamentos
América-MG (1993, 1998, 2001, 2011, 2016 e 2018)
Coritiba (1989, 1993, 2005, 2009, 2017 e 2020)
Sport (1989, 2001, 2009, 2012, 2018 e 2021)

Cinco rebaixamentos
Santa Cruz (1988, 1993, 2001, 2006 e 2016)
Vitória (1991, 2004, 2010, 2014 e 2018)
Goiás (1993, 1998, 2010, 2015 e 2020)

Quatro rebaixamentos
Avaí (2011, 2015, 2017 e 2019)
Criciúma (1988, 1997, 2004 e 2014)
Vasco (2008, 2013, 2015 e 2020)

Três rebaixamentos
Athletico Paranaense (1989, 1993 e 2011)
Fortaleza (1993, 2003 e 2006)
Botafogo-RJ (2002, 2014 e 2020)
Bahia (1997, 2003 e 2014)
Figueirense (2008, 2012 e 2016)
Guarani (1989, 2004 e 2010)
Náutico (1994, 2009 e 2013)
Paraná (1999, 2007 e 2018)
Ponte Preta (2006, 2013 e 2017)
Portuguesa (2002, 2008 e 2013)
Botafogo (2002, 2014 e 2020)

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia encerra preparação para decisão contra o Fluminense

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*