São Paulo não paga dívida, Daniel Alves não se apresenta e é desligado do clube

O jogador, baiano de Juazeiro, foi contratado em 2019 após passagem de sucesso pela Europa

O lateral-meia Daniel Alves está fora do São Paulo. Faltou dinheiro e o amor evaporou. O clube afirmou nesta sexta-feira (10) que o atleta não se reapresentou após servir a seleção brasileira, até que a dívida do Tricolor Paulista com ele seja paga (cerca de R$ 11 milhões). O jogador, baiano de Juazeiro e revelado no Bahia, foi contratado em 2019 após passagem de sucesso pela Europa e tinha um salário de R$ 1,5 milhão por mês. Vale frisar que Daniel Alves só disputou seis jogos pelo São Paulo no Brasileirão, portanto, ainda pode atuar por outro clube. Mas precisaria ser inscrito em até 14 dias.

 

Em vídeo divulgado pelo clube, o diretor de futebol Carlos Belmonte, destacou que “Daniel Alves e Miranda estavam servindo a seleção brasileira e deveriam se apresentar hoje para começarem os treinamentos normais visando os próximos jogos”.

“Miranda compareceu, treinou normalmente. Daniel Alves não compareceu. Fomos comunicados pelos representantes que o Daniel Alves não retornará ao São Paulo até o ajuste da dívida financeira que o São Paulo tem com o atleta. Dívida essa que o São Paulo reconhece e na última semana fez uma proposta buscando o acerto, que não foi aceita pelos representantes. A negociação seguirá com o departamento jurídico e financeiro”

Do ponto de vista do departamento de futebol, nós comunicamos, tomamos a decisão e comunicamos ao Hernán Crespo que Daniel Alves não estará mais a disposição para atuar no time do São Paulo. O São Paulo é mais importante do que todos nós”, completou.

ASSISTA AO PRONUNCIAMENTO DO SÃO PAULO

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*