Dentro do Z-4, Bahia chega a 45.9% de risco de rebaixamento na Série A

Agora, o clube possui 45.9% de probabilidade de queda, segundo o grupo do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

A campanha ruim Esporte Clube Bahia na Série A do Campeonato Brasileiro 2021 sob comando do técnico Diego Dabove teve mais um episódio no último domingo (26). Diante do Internacional, o Esquadrão de Aço somou seu segundo revés com o argentino. Nesse sentido, ao final da 22ª rodada, o Tricolor se aproximou passou a figurar no G-4 dos possíveis rebaixados à Série B 2022.

 

Agora, o clube possui 45.9% de probabilidade de queda, segundo o grupo do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Ainda assim, o Bahia está na 3ª colocação dentre os 20 times da elite do futebol nacional com mais chance de rebaixamento. O Esquadrão fica atrás apenas de Sport (87.4%) e Chapecoense (99.27%). Após o time baiano, o Santos assume a 4ª posição, com 41.9%.

Na quarta rodada do 2° turno da Série A 2021, o Tricolor recebe o Ceará, no Estádio Roberto Santos (Pituaçu), às 19h. A priori, a equipe, comandada pelo técnico Diego Dabove, está na 17ª posição, com 23 pontos, um a menos que o Santos (16°).

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. Em termos comercial CT DIAS D’ÁVILA é ELEFANTE BRANCO .. O FAZENDÃO com um CT MODERNO É INFINITAMENTE MAIOR EM TUDO …O FAZENDÃO É NOSSO … NÃO A ESTÁ VENDA ….

  2. Esperar o que de um presidente que estipula meta de em 15 pontos disputados fazer 06 …. GESTÃO FRACASSADA… ELE impedido crescimento do CLUBE.. PRÓXIMA meta é VENDER FAZENDÃO pra cobrir contratos maus feitos de atletas superados.. CONTA TÁ CHEGANDO …

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*