Aleluia! Vitória vence a primeira fora e caminha para deixar o Z4 da Série B

O técnico Wagner Lopes ainda está invicto no comando do Leão.

Foto: André Jonsson/OFEC

Atravessando um péssimo momento técnico dentro de campo e agravado com turbulência na sua área administrativa, com o recente afastamento do Presidente Paulo Carneiro pela Comissão de Ética por 60 dias, o Esporte Clube Vitória que hoje é uma caricatura do que foi um dia, enfrentou na manhã deste sábado, o Operário no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná, precisando vencer imperiosamente, não para sair da zona de rebaixamento nesta rodada, mas sim, para criar condição e ambiente para escapar na próxima rodada quando encara o Remo dentro de casa.

 

Quando a bola rolou o Leão brilhou pela primeira vez fora de casa. Depois de uma partida pouco agitada no aspecto movimentação ofensiva, o Leão fez justamente o que precisava. Seguro no setor defensivo brecou todas as investidas do time paranaense até com certa tranquilidade, e o melhor, foi eficiente quando abriu o placar aos 39 minutos ainda do primeiro tempo através de Mateus Moraes que escorou de cabeça cruzamento sob medida de David, decretando assim, o primeiro triunfo rubro-negro como visitante após realizado 11 jogos, enquanto o Operário amarga sua quinta derrota como mandante e fica mais distante do G-4.

Vitória não perde há seis rodadas (dois triunfos e quatro empates) justamente após a chegada técnico Wagner Lopes que segue invicto no comando técnico do Leão.

Com o triunfo, o Esporte Clube Vitória chegou aos 23 pontos, superou o Londrina (que na quarta perdeu para o Coritiba por 3 a 2) e se instalou na 17ª colocação, porém, ainda não deixa a zona de rebaixamento por conta do critério de desempate do número de vitórias. O Rubro-Negro tem a mesma pontuação do Vila Nova (16º colocado), mas o time goiano – que ontem empatou com o CSA por 1 a 1 – tem um triunfo a mais (5 contra 4). Ponte Preta e Cruzeiro, ambos com 25, aparecem em 14º e 15º lugar. A Macaca na sexta-feira derrotou o Sampaio Corrêa de virada por 3 a 2.

Depois de duas partidas fora de casa onde conquistou quatro pontos, o Esporte Clube Vitória arruma as malas volta para Salvador revigorado e já na segunda-feira inicia os preparativos para enfrentar o Remo de Belém, em partida agendada para a próxima sexta-feira (10), às 19h, no Estádio Manoel Barradas Carneiro. Um dia depois, sábado (11), o Operário no Estádio do Mineirão, enfrenta o Cruzeiro. Ambas as partidas são válidas pela 23ª rodada da competição.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 0 X 1 VITÓRIA
BRASILEIRO DA SÉRIE B (22ª RODADA)

DATA: 04/09/2021 (sábado)
LOCAL: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR), 11h
ÁRBITRO: Douglas Schwengber da Silva (RS)
ASSISTENTES: Lúcio Beiersdorf Flor (RS) e Maíria Mastella Moreira (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins  (RS)

GOL: Mateus Moraes (Vitória)

OPERÁRIO
Simão; Fábio Alemão, Rodolfo Filemon, Reniê e Djalva Silva; Leandro Vilela, Marcelo, Thomaz (Rodrigo Pimpão) e Rafael Longuine (Rafael Chorão); Paulo Sérgio e Felipe Garcia (Alemão) (Pedro Ken). Técnico: Matheus Costa.

VITÓRIA
Lucas Arcanjo; Van, Wallace, Thalisson Kelven e Mateus Moraes; Pablo Siles (Cedric), Fernando Neto e Bruno Oliveira (Soares  Bolota); Marcinho, Samuel (Wesley Pionteck) e David (Ronan). Técnico: Wagner Lopes.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*