Governo baiano tornará imprescindível vacinação de torcedores nos estádios

Governo da Bahia deve condicionar a volta do público aos estádios com a obrigatoriedade da vacinação

Como uma das condições para programar o retorno de públicos aos estádios, governador Rui Costa determinou obrigatoriedade de vacinação
Foto: Reprodução

Na projeção de melhorias quanto à pandemia da Covid-19, o Governo da Bahia deve condicionar a volta do público aos estádios com a obrigatoriedade da vacinação da Covid-19. Até então, além da população geral, funcionários públicos, pessoas que prestam serviços ao Estado e torcedores precisarão se vacinar para exercer suas atividades.

 

“Vamos exigir inclusive para concurso público que as pessoas estejam vacinadas. Será exigido também de funcionários públicos para exercício pleno da atividade que estejam vacinados. E também de pessoas que prestam serviços ao Estado”, mencionou o governador Rui Costa (PT), e uma live realizada na última quarta-feira (11).

De acordo com o mandatário, a vacinação da segunda dose para o público retornar aos estádios também será imperiosa, bem como para participação em reuniões com altos índices de aglomeração.

“Quem não se vacinar, não poderá trabalhar em ambiente público”, pontuou.

Há expectativa do anúncio de novas medidas nos próximos dias. Por fim, na última quarta, a Bahia marcou 1.040 novos casos e 23 óbitos por Covid-19. Os dados fazem parte do boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*