‘Bahia acabou sem a classificação, mas está de parabéns’, diz Gilberto

"A gente lutou bastante, esse grupo não se entrega", afirmou o atacante.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Depois da derrota por 2 a 0 no Mineirão, em Belo Horizonte, o Esporte Clube Bahia voltou a campo nesta quarta-feira pelo jogo de volta no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, e dominou no primeiro tempo, chegando a abrir 2 a 0 com gols de Rossi e Juninho Capixaba. Porém, na etapa final, o Esquadrão recuou demais e acabou sofrendo um gol aos 17 com Eduardo Vargas, que culminou com a eliminação na Copa do Brasil. Após a partida, o atacante Gilberto exaltou a luta da equipe e afirmou que o grupo está de parabéns, mesmo sem a classificação.

 

“A gente lutou bastante, esse grupo não se entrega. E a gente não se entregou. Conseguimos tirar a vantagem que eles tinham. Aconteceu o gol deles. Acabamos sem a classificação. Mas estamos de parabéns, mostramos nossa força. Hoje não foi o jogo que queríamos, mas o nosso grupo mostrou que somos fortes.”

O próximo compromisso do Bahia é no sábado (07), às 21h, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. Se conseguir perder para o Cuiabá, que Dado e alguns jogadores fiquem por lá mesmo. Caso contrário deverão ter uma “recepção de gala” no Aeroporto e no CT.

  2. Treinador frouxo, já entrou no segundo tempo administrando o resultado. O medo de perder, tira a vontade de ganhar. Cuca eliminou o Bahia na segunda etapa dos dois jogos, boas opções de peças, más também, fruto da leitura correta e inteligente do jogo na primeira etapa de ambas as partidas.
    Um treinador diferenciado, faz a diferença, ás vezes mesmo não tendo boas peças, no entanto, se o Bahia tivesse entrado com o mesmo ímpeto do primeiro tempo e Dado Cavalcanti tivesse a competência de enxergar mudanças táticas na equipe, tivesse alcançado a classificação.
    Porém não podemos negar que o banco de reservas do Bahia é uma merda, nãotem um jogador que faça alterar o padrão técnico de uma partida. Não dá pra entender como a direção do Bahia contrata atletas como Jonas (bichado), Galdezani, Lucas Araújo e Oscar Roriz,Tony Anderson (este erra, até cobrança de lateral).
    Estes jogadores que entram, piora o resultado e o rendimento da equipe. E os diretores consegue ser tão ruins quanto os jogadores, contratam muitos jogadores de péssima qualidade.
    Ou o Bahia vai ao mercado e contrata jogadores de qualidade ou vai penar para escapar da zona de rebaixamento.
    Muito dinheiro jogado fora com atletas que não tem somado nada ao clube, a não ser piorar o rendimento da equipe em campo.
    Para encerrar, Gilberto entrou em campo ontem. 7 jogos sem fazer gols e jogando muito mal. Isso se deve apenas a saída de Taciano?
    Se não tivesse caído tanto de produção, hoje seria o artilheiro isoladíssimo da competição.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*