Ramon quer Vitória concentrado diante do Grêmio pela Copa do Brasil

"É uma competição que você tem que ter muita inteligência", disse.

O Esporte Clube Vitória enfrenta nesta terça-feira o Grêmio, às 21h30, no Estádio Manoel Barradas, pelo jogo de ida as oitavas de final da Copa do Brasil. A partida de volta será no dia 3 de agosto, às 21h30, na Arena do Grêmio. Grêmio e Vitória não vivem uma boa fase na Série A e B, respectivamente. Enquanto o Leão está na porta do Z4 lutando pelo terceiro ano seguido para escapar da Série C, o time gremista está inserido dentro da zona de rebaixamento desde as primeiras rodadas e luta para sair de lá. Apesar do momento delicado na Série B, o técnico Ramon Menezes quer dá uma pausa na competição de pontos corridos e focar completamente na decisão pela Copa do Brasil. O treinador quer o Leão concentrado e inteligente para vencer o time gremista.

 

– Primeiro que é uma outra competição. Já conversei com os atletas. No Brasileiro, tenho certeza e convicção que vamos reverter a situação. É um jogo de 180 minutos. A gente tem que entrar muito concentrado, muito ligado, muito focado. Um jogo muito parecido com aquilo que vivemos em Porto Alegre contra o Inter, parecido com o que o Vitória, antes de minha chegada, enfrentou o Inter aqui também. Copa do Brasil a gente sabe como é – disse.

– É uma outra competição. É uma competição muito importante para o clube, uma competição muito boa para projeção de atletas. A gente sabe de nossa responsabilidade, da grandeza que é esse jogo, um grande adversário. Agora é esquecer o Brasileiro da Série B e focar na Copa do Brasil – afirmou Ramon Menezes.

– É uma competição que você tem que ter muita inteligência, um jogo de 180 minutos. Vão ser jogados dos primeiros 90, 95 ou 100 minutos amanhã. É lógico que os erros acontecem, mas você tem que minimizar os erros diante de uma grande equipe, que é a equipe do Grêmio. 

Dinei e Wesley, que deixaram o campo machucados no último sábado, contra o CSA, se juntaram a Wallace, Fernando Neto e Thalisson, que já estavam no departamento médico. Ramon lamentou as ausências.

– A respeito dos desfalques, é lógico que têm jogadores que a gente sabe que faz muita falta, mas é passar confiança, mostrar a importância de todos no grupo, é aquilo que venho fazendo sempre desde que cheguei aqui. Vamos com as forças que nós temos – disse Ramon.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*