Marcelo Chamusca não resiste à pressão e é demitido pelo Botafogo

Marcelo Chamusca foi anunciado pelo Botafogo em fevereiro deste ano

Após passagem rápida e sem sucesso pelo Fortaleza, o técnico Marcelo Chamusca foi anunciado pelo Botafogo em fevereiro deste ano com o principal objetivo de levar o time carioca à elite do futebol nacional, porém, com 10 jogos disputados na Série B do Campeonato Brasileiro, o Fogão somou apenas 13 pontos e aparece na 10ª colocação, quatro pontos abaixo do G-4. Com o aproveitamento ruim e vindo de três jogos seguidos sem vencer, o Botafogo decidiu pela demissão do treinador e fez o anúncio oficial nesta terça-feira.

 

Marcelo Chamusca comandou o time em 26 partidas, com nove vitórias, 12 empates e seis derrotas, com 50% de aproveitamento. Ele não resistiu à pressão pela má campanha na Série B. Além dele, o auxiliar técnico Caio Autuori e o preparador físico Roger Gouveia também estão de saída.

Baiano de Salvador, Marcelo Chamusca acumula passagem pelo Vitória em 2019, mas não ficou muito tempo. Apenas 14 jogos e com um aproveitamento de 38%. Sob o comando do treinador, o Leão foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil e do Campeonato Baiano. Além de Vitória e Fortaleza, o comandante tem no currículo clubes como Vitória da Conquista, Salgueiro, Atlético-GO, Sampaio Corrêa, Guarani, Paysandu, Ceará, Ponte Preta, CRB e Cuiabá.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*