Bahia deve trazer um ou mais dois reforços, revela Bellintani

“Nós ainda temos que reforçar o elenco. Não será o reforço ideal", disse.

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Depois de anunciar o zagueiro Ligger, o goleiro Danilo Fernandes, o meia Lucas Mugni e o atacante Hugo Rodallega, o Esporte Clube Bahia segue no mercado em busca de reforços, afinal, apesar das chegadas, também houveram saídas. Segundo o presidente Guilherme Bellintani, o clube precisa de mais um ou dois jogadores, mas garantiu que não fará loucura financeira e mantém a cautela para não errar e trazer mais uma dívida ao invés de um reforço para solucionar os problemas.

 

“Nós ainda temos que reforçar o elenco. Não será o reforço ideal. Temos que tomar muito cuidado esse ano. Se errarmos, a gente se afunda em dívida novamente e vamos prejudicar o clube em médio e longo prazo. É ano de cautela. Entendemos que precisamos de mais uma ou duas peças além dos que ainda não estrearam”, disse o mandatário do Esquadrão.

Bellintani lembrou da queda de receitas para justificar a cautela em contratar e citou o Cruzeiro como exemplo de má gestão. “Esse ano não investimos em aquisição de jogador, não temos dinheiro para isso. Estamos suando para pagar salário e imagem. Enquanto não voltar público, não temos dinheiro para coisas básicas. Clube mal gerido vira clube de Série C. Vide o Cruzeiro, que está na Série B. O tema futebol está diretamente ligado a gestão financeira. Sabemos que precisamos de complemento no elenco. Além dos dois que não estrearam, sabemos que precisamos de mais uma ou duas peças”, disse.

Comentários:

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*