“A gente entrou não tão concentrado”, diz Ramon após derrota do Vitória

Rubro-Negro completou o sétimo jogo seguido sem vencer (sendo quatro derrotas e três empates)

O Esporte Clube Vitória foi derrotado pelo Brasil de Pelotas na manhã deste sábado pelo placar de 1 a 0, com gol marcado por Vidal aos 30 minutos do primeiro tempo. Com o revés, o Rubro-Negro completou o sétimo jogo seguido sem vencer (sendo quatro derrotas e três empates) e caiu para o 18º lugar com 9 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por Ponte Preta e Londrina. Já o Brasil-RS deixou o Z4 e assumiu o 15º lugar com 11 pontos. Após a partida, o técnico Ramon Menezes analisou o revés.

 

“A gente entrou não tão concentrado como temos que entrar em jogo fora de casa. Nós tomamos mais um gol de bola parada, coisa que a gente treina muito. Faltou o homem do rebote, fazer as correções. Quando você não consegue o resultado, é inevitável a crítica sobre substituição, sobre escalação. A gente tem que ter o cuidado, porque é o grupo que estamos na mão, são jogadores. Temos que recuperar esses atletas, passar muita confiança para os atletas e aquele que entrar em campo tem que estar preparado, pronto. É o que nós fizemos, principalmente no segundo tempo. Uma falta de atenção nos custou muito caro no primeiro tempo”, afirmou na entrevista coletiva.

Na sequência da competição, o Vitória enfrenta a Ponte Preta, na terça-feira (20), às 21h30, no Barradão. Ramon afirmou que confia no elenco e vai passar isso para os jogadores.

“Confio muito no trabalho. Vou passar muita confiança aos atletas. Hoje, eu não gostei do primeiro tempo, porque num jogo como esse, você tem que jogar no limite da concentração, no limite da parte física, no limite da parte técnica e nós não entramos com esse limite. No segundo tempo sim, criamos oportunidades, poderíamos ter feito um, dois [gols] aqui. Então, é trabalhar, recuperar os jogadores para a gente colocar um time muito forte contra a Ponte”, disse.

 

Deixe seu comentário!

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*