Médico do Bahia detalha recuperação do meia Índio Ramirez

"A cirurgia foi um sucesso. Ele está com ligamento estável", disse.

Foto- Felipe Oliveira/EC Bahia

Em entrevista nesta terça-feira (22), na reapresentação do elenco no CT Evaristo de Macedo visando a partida contra o Athletico-PR pelo Campeonato Brasileiro, o coordenador médico do Esporte Clube Bahia, Dr. Luiz Sapucaia, falou sobre a recuperação e evolução do meia Índio Ramírez, que realizou recentemente uma cirurgia no joelho e vinha se recuperando na Colômbia, mas retornou ao Brasil nos últimos dias para dar sequência aos trabalhos.

 

“Índio evoluiu muito bem. Teve uma lesão de cruzado anterior, foi operado em Medelín, iniciou os trabalhos fisioterápicos lá, se reapresenta em bom estado geral, ainda tem uma atrofia importante no quadríceps. Vamos começar a resolver aqui no clube. Mas a cirurgia foi um sucesso. Ele está com ligamento estável, o joelho estável, tem quatro meses de operado. Já começa os trabalhos de força. Acredito que no quinto mês possamos fazer um trabalho mais isocinético, com bola no campo, para liberá-lo em breve. Mas a evolução cirurgia foi muito boa”, disse.

Sapucaia ainda alertou que o retorno do atleta aos gramados precisa ser gradativamente. “Sem ansiedade. O quadro do atleta, uma cirurgia desse porte, normalmente o ideal são seis meses. Mas nós vamos prepará-lo ao longo desse tempo para ver se dentro desse prazo a gente pode reintegrá-lo ao grupo. Aí vai depender da disposição do técnico. Acho que sete meses ele tenha condições de jogo”, comentou.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*