Dez anos depois, Diones tenta seu bicampeonato pelo Bahia de Feira

Volante é o artilheiro do time ao lado do atacante Deon

Campeão baiano em 2011, o volante Diones pode conquistar o seu bicampeonato com o Bahia de Feira neste domingo, diante do Atlético de Alagoinhas, na Arena Cajueiro. Para isso, basta o time fazer o dever de casa e vencer o jogo, já que na ida, empatou em 2 a 2 no Estádio Antônio Carneiro. Dez anos atrás, o Tremendão levantou a taça pela primeira vez dentro do Barradão ao vencer o Vitória. O volante, ídolo do clube, também foi campeão em 2012 com o Esporte Clube Bahia marcando o gol do título no Ba-Vi.

 

“Eu vejo a parceria, a união, a simplicidade. Isto nos ajudou bastante em 2011, pois éramos azarões na final contra o Vitória, mas prevaleceu a força do nosso grupo, que na época era reduzido. É um grupo no qual jogadores têm metas de carreira, não tem ninguém acomodado. Isso é um fator que pesa em uma decisão”, afirmou, ao LANCE!.

Diones, de 35 anos, depois do título de 2011, rodou por clubes como Bahia, Chapecoense, Ceará, Sampaio Corrêa e Botafogo-SP. Esse ano, pelo Bahia de Feira, voltou a ser uma peça importante, mas desta vez também como artilheiro. O volante é um dos artilheiros da equipe e também da competição, com quatro gols. Ele marcou um dos gols do triunfo por 3 a 0 sobre o Bahia na semifinal.

“Pois é, sou artilheiro da equipe ao lado do Deon. Mas isso é uma característica minha, de segundo volante aparecer na área. Se surgir a chance, vou estar por lá. Só não posso mudar muito minhas características, pois temos um retrospecto muito bom no nosso estádio e temos de ditar o jogo. Estamos nos preparando muito bem para esta final, na qual vamos enfrentar um time muito organizado como é o Atlético”, disse.

Revelado no Maranhão, Diones Coelho da Costa acumula passagens também por CRB, Ferroviário, Hercílio Luz, Chapecoense, Joinville, Ceará, Boa Esporte, Juventude. Em 2019, defendeu o Botafogo-SP atuando 7 jogos e marcando um gol no Paulistão, antes de acertar com o Sampaio Corrêa para disputa da Série C, Copa do Brasil e fase da pré-Copa do Nordeste, atuando 14 vezes. Terminou a temporada pelo Parauapebas.

Diones foi campeão baiano pelo Bahia de Feira em 2011 em cima do Vitória, sendo um dos destaques da equipe, e após o Estadual se transferiu para o Esporte Clube Bahia, onde atuou até 2013. No Esquadrão, ao todo, foram 109 jogos e seis gols marcados. Fez parte do time comandado por Paulo Roberto Falcão que conquistou o título do Campeonato Baiano de 2012. Diones, inclusive, marcou o gol do título em jogo que terminou 3 a 3 contra o Vitória em Pituaçu.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*