Só um milagre classifica o Santa Cruz na Copa do Nordeste

Santa Cruz tem uma missão quase impossível na Copa do Nordeste

Foto: Jhony Pinho/Agência Estado

O Santa Cruz, tradicional clube pernambucano, não vem decepcionando na Copa do Nordeste, faz justamente o que dele se esperava. Um time modesto, ainda inserido no Brasileiro da Série C, entrou no torneio como mero coadjuvante para disputar uma vaga entre os piores, apesar de já ter conquistado o título da competição em 2016, inclusive eliminando o Bahia em plena Arena Fonte Nova e na grande final, derrotando em casa o Campinense pelo placar de 2 x 1 e empatando na Paraíba em 1 x 1 com Arthur Caike, que mais tarde atuou no Bahia, marcando o gol que deu o primeiro título da competição regional ao Santinha.  Neste ano, a Cobra Coral faz uma campanha aos extremos. Em seis partidas, venceu de forma inesperada o apenas Fortaleza atuando casa e perdeu 5 partidas (Vitória, ABC, Salgueiro, CSA e Sport).

 

A derrota para o rival local praticamente sepultou a trajetória do time na competição. O Santa Cruz é o lanterna isolado, com três pontos somados. O aproveitamento de 16% é o mais baixo de todo o Nordestão. Restando duas rodadas, todo o cenário leva a crer que a eliminação do Time do Povo é questão de tempo, o que poderia ser diferente caso levasse os três pontos na bagagem contra o Sport. O Santa ficaria a uma vitória do Sampaio Corrêa, atual 4º colocado, com 9 pontos. Porém, a distância aumentou e apenas uma campanha impecável, em paralelo a uma combinação improvável de resultados, pode operar o milagre tricolor.

Os comandados de João Brigatti precisam vencer as duas partidas que faltam, e além do mais, torcer para os integrantes do Grupo B nos confrontos contra Sampaio Corrêa/MA, Treze/PB, 4 de Julho/PI, Confiança/SE e Sampaio Corrêa/MA. O Santa Cruz não alcança mais Ceará, Bahia e CRB/AL, todos com 10 pontos. O primeiro critério de desempate na tabela é o total de vitórias e, em segundo, o saldo de gols.

A eliminação do Tricolor pode ser sacramentada pelo Altos/PI, no próximo domingo, no Estádio Albertão. Mas se vencer e os resultados das demais partidas forem favoráveis, o Santa Cruz joga todas as fichas contra o Botafogo/PB, no Estádio do Arruda, em Recife (PE).

Autor(a)

Deixe seu comentário