Em nota, Juazeirense repudia acusação de diretor do Sport-PE

Juazeirense venceu por 3 a 2 e se classificou para segunda fase

Por meio de nota publicada nas redes sociais, a Sociedade Desportiva Juazeirense repudiou a fala do gerente de futebol do Sport, Augusto Caldas, que acusou a direção do clube baiano de “atitudes antidesportivas” durante o jogo da noite desta quarta-feira (10) pela Copa do Brasil, que terminou com vitória do Cancão de Fogo por 3 a 2 e classificação à segunda fase do torneio. O dirigente rubro-negro se revoltou com os acontecimentos da partida, como irrigação do gramado ligando, gandulas e até a bola sumindo, ambulância na beira do gramado e por último o apagão que paralisou o jogo e fez o árbitro encerrar o confronto.

 

VEJA A NOTA

“A diretoria da Juazeirense vem através desta, repudiar a fala o Diretor de Futebol do Sport Club do Recife, Augusto Caldas, que, de forma leviana, acusa a Sociedade Desportiva Juazeirense de atitudes antidesportivas durante o jogo da noite desta quarta-feira (10) pela Copa do Brasil. O diretor chegou a nos acusar de reincidência em atitudes como essa e isso não faz parte dos nossos princípios e nos causa estranheza.

O jogo seguiu fielmente seu curso normal e conquistamos o resultado positivo em campo, lealmente, desta forma, nosso departamento jurídico entrará com uma ação contra o diretor em questão, para que ele se retrate com essa fala irresponsável.

A Diretoria”

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*