Após tropeço na estreia, meia do Botafogo-PB prevê dificuldades contra o Bahia

"Não tem muito tempo para ficar se lamentando. É uma competição muito difícil"

Será contra o Botafogo da Paraíba o próximo compromisso do Esporte Clube Bahia pela Copa do Nordeste. Os times tiveram estreias opostas. Enquanto o Bahia fora de casa derrotou o Salgueiro pelo placar de 3 x 2, o Botafogo-PB dentro de casa não passou de empate em 0 x 0 com o calouro 4 de Junho-PI no Estádio Almeidão, na Paraíba, em resultado considerado como decepcionante para o torcedor do BELO, vice-campeão da competição em 2019. Com o ponto conquistado, o time paraibano é o sexto colocado no Grupo B.

 

O meia Juninho um dos jogadores mais experimente do elenco admite que o time não fez uma boa partida e já pensa na correção de alguns problemas para o jogo contra o Bahia no próximo sábado no Estádio Metropolitano de Pituaçu.

Segundo o jogador, faltou mais capricho do time botafoguense no setor ofensivo na partida contra os piauienses. Para ele, isso aconteceu por se tratar do primeiro jogo oficial na temporada. Mas os erros precisam ser corrigidos logo já na partida contra o Bahia para não haver prejuízo maiores lá na frente.

“Faltou um pouquinho de capricho. A gente chegou com qualidade na frente, mas tivemos um pouco de dificuldade, já que era o primeiro jogo da temporada. A gente lamenta pelos pontos perdidos, mas tira a experiência do que fez de errado para corrigir ao longo da semana. No próximo fim de semana já tem um confronto difícil contra o Bahia”, afirmou Juninho.

“Não tem muito tempo para ficar se lamentando. É uma competição muito difícil, independentemente do adversário. A gente sabe dessas dificuldades. Queríamos muito ter conquistado os três pontos. Agora é seguir trabalhando para dar sequência na competição”, finalizou. 

Comentários:

1 Comentário

  1. Acho que erraram na matéria. Ele deve estar prevendo muita dificuldade para o Bahia. Um time sem vergonha desses que perde dentro de casa primeiro contra o time master da Juazeirense, e ontem tomou um gude preso do time todo poderoso de Universidade. É pra matar o torcedor de vergonha, pq esse que se diz técnico esse bando de inúteis que entram em campo….eles com certeza não tem.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*